Esse Pequeno Ritual Noturno (de 5 minutos) Pode Melhorar Muito Sua Qualidade de Vida

Pense em um efeito dominó e imagine a seguinte situação:

O despertador toca. Você aperta o botão “soneca” pois está cansado. De repente, quando percebe você já está atrasado e levanta pulando da cama. Você está com sono, pois ficou mexendo no celular na hora de dormir e, quando se deu conta, já era de madrugada…

Então, você corre para se arrumar, engole um café quente e sai em disparada no trânsito para tentar chegar no trabalho dentro do horário.

Chegando lá (e saiba que, querendo ou não, você já tem uma imagem em relação a sua pontualidade perante todos no escritório), seu chefe ou seus subordinados olham você com aquela cara…

Então, você senta no computador, abre seu e-mail e começa a responder as mensagens e a resolver os problemas que vão surgindo ao final do dia.

No final do expediente, você cansado e desmotivado (academia nem pensar hoje!), volta para casa e, com pouca paciência para conversar com o companheiro e os filhos, janta, toma banho e procura relaxar com alguma distração depois de mais um dia cheio.

Na hora de dormir, coloca o celular para carregar no criado-mudo, afinal, tem que ser ali pois o despertador está no telefone. E, já que está ali, ao alcance das mãos, você pega só para dar uma olhadinha no Facebook, Instagram, etc., ver as notícias do dia, aproveita para ver aqueles vídeos no YouTube onde um puxa o outro e, quando percebe, já é 1h30 da manhã.

No dia seguinte você repete tudo novamente…

Se você se identificou em partes (ou totalmente), saiba que você não está sozinho… esta é a “prisão” que muitas pessoas vivem no mundo moderno.

O pior é que o tempo vai passando e nós não percebemos… até que um belo dia “abrimos os olhos” e percebemos que os últimos anos passaram voando e ali estamos nós fazendo as mesmas coisas, repetindo os mesmos padrões e vivendo a mesma vida de sempre.

Como quebrar este feitiço, essa inércia, essa espiral negativa que conduz nossa vida para um vazio interior e uma falta de sentido?

 

Agora vamos fazer o contrário…

Lembra do efeito dominó do início? Vamos trocar apenas uma peça… aquela do início.

A grande sacada é que o começo não está no momento que o despertador toca, mas na noite anterior.

Em vez de simplesmente ir deitar para repetir tudo de novo no dia seguinte, você vai gastar 5 minutos para programar o seu dia na noite anterior! Só isso…

Então, antes de dormir, você vai pegar um pequeno caderno com um lápis que ficará em seu criado mudo sempre ao alcance das mãos (conceito de resistência zero) e vai primeiro descarregar no papel tudo o que você tem para fazer no dia seguinte.

Só isso já vai gerar um relaxamento mental para que você possa ter uma noite melhor de sono. Isso porque o cérebro é uma excelente ferramenta para raciocinar, mas reter informações não é o seu ponto forte. Então, toda vez que você tem que ficar “lembrando tudo que tem que fazer”, isso gera uma tensão inconsciente que prejudica enormemente o seu funcionamento.

Então, “descarregue todo seu cérebro no papel”. Neste momento, você coloca TUDO ali na folha, seja os compromissos profissionais como os pessoais. O objetivo aqui é só quebrar a tensão e gerar esse relaxamento. Mas, este é só o primeiro passo.

Uma vez tendo feito isso, aí entra a segunda parte que é planejar o seu dia, mas não é qualquer planejamento. Ele é feito a partir de uma pergunta muito específica que é a seguinte:

“Quais são as coisas que têm que acontecer para que amanhã eu vá dormir com a sensação de que o dia foi extremamente gratificante e produtivo?” Isso vale tanto para a vida pessoal como profissional.

A partir disso você escreve uma espécie de pequeno diário de como seria o dia ideal para você amanhã. Nada de muito complicado… lembre-se, o processo inteiro não deve levar mais do que 5 minutos, se não você vai se desmotivar logo nos primeiros dias.

Tendo feito isso, estando com suas prioridades bem claras em sua cabeça, você irá acordar completamente diferente no dia seguinte, com mais disposição e vitalidade. Afinal, você já sabe o dia que lhe espera, o que tem que fazer… é só executar o script, o roteiro que programou. Você não precisa mais gastar sua energia pensando de manhã o que vai ter que fazer e já acorda focado naquilo que realmente importa.

Agora que você descarregou o seu cérebro e planejou o seu dia, vem a terceira e última etapa: vencer a tentação de adentrar a madrugada zapeando o celular.

Para isso, eu tenho duas sugestões. Se você quer ou sente que precisa de algo mais radical, simplesmente compre um despertador e não leve o telefone para o quarto! Deixe ele carregando na sala ou na cozinha, mas sempre longe do seu campo de visão. Desta forma, você não tem que ficar lutando contra a tentação e sofrendo por causa disso.

Mas, se você não quer ou não está preparado para ser tão radical neste momento, há uma técnica bem simples que pode resolver o seu problema. Antes de começar a navegar, estipule um tempo, coloque um timer no celular e fale para si mesmo: “Eu tenho “x” minutos para mexer à vontade, mas, uma vez que o telefone apite, eu desligo na hora, sem negociação!”

Pronto. Assim você cria uma regra e coloca uma barreira prévia para não cair nessa tentação que pode tanto prejudicar sua vida.

 

Colocando em prática

Como falei, é algo pequeno, mas a chave é que ela é a primeira peça do dominó… dependendo dela o estrago ou benefício serão enormes em sua vida.

Se as suas manhãs são arrastadas, seus dias são arrastados, suas semanas, seus meses, a sua vida…

Por outro lado, se suas manhãs são focadas, seus dias serão focados, suas semanas, sua vida… e tudo pode começar uma simples mudança na “primeira peça do dominó”.

Se você se interessou e quer colocar em prática, eu deixo apenas um alerta final:

“Colocar essa técnica em prática é simples, mas não é fácil.” Como assim?

É simples porque qualquer um pode fazer, mas não é fácil porque poucos irão de fato fazer. Aquilo é que é fácil de fazer, é fácil de deixar de ser feito também.

Então, se você quer testar e dar uma chance a esta pequena mudança de rotina para ver o efeito que ela pode ter em sua vida, tome uma atitude neste momento, agora que está terminando o texto. Arranje o caderno, tome uma decisão, crie uma regra, comunique seu parceiro… dê o primeiro passo agora, porque se deixar para depois, grandes são as chances de que você não irá fazer e aí a vida continuará a ser sempre a mesma…

E aí, você corre o sério risco de perder mais alguns anos até perceber novamente a importância de sair deste “modo automático” e viver sua vida de uma maneira mais focada e consciente rumo ao futuro que você realmente quer ter.

Boa sorte!

Faça Agora o Download da Amostra doLivro

Um Guia de Coaching e Desenvolvimento Pessoal Compilados em 10 Princípios Universais para você Transformar sua Vida (Começando Agora Mesmo) e Alcançar o Sucesso.

Pronto! Pode ir lá no seu e-mail para encontrar o link para Download.