As pessoas passam a vida esperando que as coisas aconteçam para elas. Querem encontrar a pessoa amada, ganhar muito dinheiro, trabalhar no que amam etc. e ficam passivamente à espera de que um dia esses sonhos cheguem.
E o que acontece? Os anos passam e nada muda. O pior é que daí essas pessoas colocam a culpa em tudo que podem. É a educação que tiveram dos pais, o chefe que não reconhece seus esforços etc. Gastam a energia em coisas que não podem mudar em vez encarar a dura realidade: “Se a sua vida está boa ou ruim, é você o único responsável por isso.”

Não acredito em sorte ou azar e sim em ação e consequência, causa e efeito. Se você teve sorte ou azar, pode ter certeza que foi você também o causador da circunstância de uma forma ou de outra.
Por fim, para os que costumam rezar – como eu – lembremo-nos sempre deste grande ensinamento: “Ajuda-te e o céu te ajudará.” Pois, é muito fácil “colocar tudo nas mãos de Deus” para se isentar da responsabilidade de ter que agir. Ouvi uma frase uma vez que resume bem: “Destino é o que nos resta depois de termos feito tudo aquilo que nos cabia”.

Gostou? Então, acesse agora: www.paulomachado.com para saber mais.