Posts

Hoje eu quero compartilhar com você 5 coisas que eu faço todas as manhãs que me ajudam a começar bem meu dia. São dicas práticas e você pode começar todas elas amanhã mesmo se quiser.
Mas, antes de eu te falar, é importante você entender por que é tão importante ter alguns rituais matinais e como isso afeta drasticamente a sua vida.
No livro “O Milagre da Manhã”, de Hal Elrod, o autor escreve que a chave para melhorar sua vida está naquilo que você faz antes das 8h00 da manhã. Como você acorda todos os dias e a sua rotina matinal (ou a falta dela) afeta dramaticamente o nível de sucesso nas diferentes áreas da sua vida. Se você aperta o botão “soneca” 5 vezes no despertador, levanta atrasado, engole um café quente e sai correndo para trabalhar, você já programou que seu dia será ruim. Se isso já se tornou um hábito, não é de se espantar se a sua vida estiver uma bagunça.

Por outro lado, se você for capaz de criar um conjunto de rituais saudáveis e produtivos nos primeiros 90 minutos do seu dia, a mudança vai ser drástica na sua vida.
Então, aqui estão as 5 coisas que eu faço todos os dias que talvez possam ajudar você…

1) Ler

Essa é a primeira coisa que faço no meu dia. Isso mostra o quanto a leitura é importante para mim. Além disso, como é logo cedo, antes de todos os compromissos do dia, eu acabo nunca deixando de ler. Ao longo prazo, é impressionante o resultado deste hábito. É algo que te transforma completamente. Além disso, com o tempo, eu aprendi também a otimizar minha leitura, escolher os melhores livros, melhorar minha velocidade e retenção… Atualmente leio 90% das vezes no Kindle e já me acostumei perfeitamente. Hoje, inclusive prefiro o Kindle ao papel. Pequeno, portátil, tem o dicionário embutido, eu toco uma palavra e aparece na hora o significado, a bateria dura semanas, tenho virtualmente qualquer livro do mundo a um toque de distância etc. É maravilhoso…

2) Meditar

A segunda coisa que eu faço é meditar… uso um aplicativo chamado HeadSpace que foi aquele que conseguiu me ajudar a criar o hábito da meditação. Eu já tinha tentado várias vezes no passado, mas nunca tinha funcionado… hoje entendo por que. Eu estava fazendo tudo errado, não entendia o que era meditação, tentava sentar no chão em posição de lótus (minha coluna aguentava 1 minuto daquilo), tentava fazer por uma hora… tudo errado mesmo. Já aqui, no aplicativo, com as animações eu finalmente entendi o que era meditação, comecei sentado confortavelmente em uma cadeira, só 10 minutos… você vai sendo guiado por áudio durante todo o exercício (só em inglês) e os efeitos são fantásticos. Tem vários programas do iniciante até o avançado. Recomendo muito. A meditação é uma forma de eu ter um tempo só meu, um momento íntimo comigo mesmo, é incrível a sensação de colocar-se como prioridade por um instante… Essa parte também inclui minha oração diária.

3) Tempo com a família

A manhã é um ótimo momento para desfrutar com a família… é uma hora que separo para ter alguns instantes especiais com as minhas filhas, com a minha esposa. Com um pouco de esforço é possível transformar essa parte do dia, ainda que seja breve, em momentos especiais onde você fortalece o vínculo familiar. Isso vale especialmente para pais que acabam tendo pouco contato com os filhos. Se você ainda não tem filhos, isso vale para o seu relacionamento afetivo. Se você não mora sozinho, coloque um fone de ouvido e foque no seu desenvolvimento (palestras, youtube, podcast, audiolivros etc.).

4) Café da manhã

Você já percebeu que pessoas que se alimentam bem e fazem exercícios estão sempre bem-dispostas, cheias de energia? E o que acontece quando você vai para o trabalho com toda essa disposição? Você rende muito mais e, por consequência, avança mais rápido profissionalmente! Viu como uma coisa está ligada com a outra? E o café da manhã, para mim, é um dos pilares de uma vida saudável, por isso procuro sempre tomar um belo café da manhã todos os dias. Normalmente é água (ph10) com limão em jejum e uma “Crepioca”, uma receita que aprendi com a minha esposa. É que só misturar um ovo com farinha de tapioca e colocar na frigideira (praticamente sem óleo) e pronto! Fica tipo aquela massa de Crepe Suíço. Saudável, rápido, prático e gostoso… e ainda tem um cafezinho para acompanhar é claro…

5) Planejar o dia

Aqui esteja talvez o mais importante… todas as manhãs, antes de começar a trabalhar, eu dedico um tempo para pegar um papel e planejar me dia. Ali eu defino quais são minhas metas para aquele dia, identifico as prioridades, organizo a minha agenda. Esse é outro hábito que transforma completamente a sua rotina. Se você conseguir ter a disciplina de se frear todos os dias (nem que sejam apenas 5 minutos) antes de trabalhar para planejar o seu dia e aí focar no realmente importa, a mudança vai ser instantânea!
Então, aí está… 5 coisas que eu faço todas as manhãs que me ajudam a ganhar o dia! E você? Tem algo em especial que te ajuda também? Escreva para mim (contato@paulomachado.com).
Um abraço,
Paulo

Gostou? Então, acesse agora: www.paulomachado.com para saber mais.

Por que a maioria das pessoas NÃO alcança o Sucesso?

O que realmente faz a diferença na vida das pessoas? O que aqueles mais bem-sucedidos fazem de diferente dos outros? Para entender melhor essas questões, é preciso primeiro compreender algo sobre o nosso desenvolvimento…

Podemos dizer que há dois tipos distintos de habilidades. Primeiro, há as habilidades técnicas (aquelas que você aprende na faculdade). Essas habilidades são importantes, mas estão longe de serem suficientes para alcançar o sucesso.

Se assim fosse, todos aqueles que tirassem notas altas teriam a garantia de se tornarem profissionais bem-sucedidos, mas nós sabemos que a realidade não é bem assim… Por quê?

Porque existe um outro tipo de habilidade (muito mais importante para o sucesso do que o conhecimento técnico) que são as habilidades comportamentais.

Quais são essas habilidades?

Não existe uma lista definitiva de quais são todas elas, mas algumas que formam um padrão evidente entre as pessoas de sucesso são: Auto desenvolvimento, Motivação, Foco, Meta, Hábitos, Relacionamentos, Autoconhecimento, Produtividade, entre outras…

Quer ver um exemplo para ficar mais claro?

De que adianta você ser, tecnicamente falando, um excelente engenheiro, médico ou advogado se você:

• Estagnou no tempo e deixou de se desenvolver
• Está sempre desmotivado e sem energia
• É completamente desfocado na sua vida
• Não faz ideia da onde quer chegar com a sua vida
• Possui um conjunto de péssimos hábitos
• Não sabe se relacionar com as pessoas
• Não conhece seus talentos naturais
• Tem um baixo nível de produtividade
• Etc.

Eu poderia estender bem mais esta lista, mas o objetivo aqui não é aprofundar em cada uma dessas habilidades, mas conscientizar você de que elas existem e, principalmente, que você deve começar a desenvolvê-las se quiser ter uma vida de sucesso.

A não ser que você faça parte de uma pequena exceção que se desenvolve através do aprofundamento de uma habilidade técnica específica, saiba que:

“Quanto mais você sobe na escada da sua vida profissional, menos o seu sucesso depende do seu conhecimento técnico e mais ele depende das suas habilidades comportamentais.”

Mas aí a gente se depara com um grande dilema…

Enquanto as habilidades técnicas são ensinadas, as habilidades comportamentais não!

Ou alguém já ensinou a você a:

• Encontrar a fonte da sua motivação e o seu verdadeiro propósito para viver
• Definir exatamente aonde quer chegar com a sua vida
• Traçar metas claras da maneira certa
• Transformar seus hábitos de uma maneira eficaz
• Identificar claramente quais são seus pontos fortes
• Ser produtivo e manter o foco naquilo que realmente importa
• Se relacionar, persuadir, liderar e influenciar os outros
• Etc.

Ou seja, existe um conjunto de habilidades que são mais importantes que o conhecimento técnico e mais determinantes para o nosso sucesso, mas que nós passamos anos e anos em nosso processo de formação sem jamais aprender.

A grande questão que surge, então, é…

Como eu faço para adquirir essas habilidades?!

Na minha visão, só existe um caminho: Desenvolvimento Pessoal. Você iniciar uma jornada em busca da melhor versão de si mesmo. Começar um processo consciente para se tornar a melhor pessoa que você é capaz em todos os sentidos.

Somente a sua versão desenvolvida é capaz de grandes realizações. A sua versão sem o Desenvolvimento Pessoal está condenada a uma vida de dificuldades, frustrações, carências…

O grande problema é que a maioria nunca inicia esse processo de desenvolvimento, fica esperando que “algo aconteça” e, quando percebe, lá se foram os anos…

Por isso, hoje o meu trabalho gira todo em torno deste “despertar” nas pessoas, para que iniciem esse processo em busca do próprio desenvolvimento para que se tornem capazes de construir a vida que sonham ter.

Hoje tenho muito claro qual é a minha missão: “Ajudar pessoas e empresas a alcançarem o sucesso através do Desenvolvimento Pessoal.”

E, para saber como eu faço isso, acesse agora: www.paulomachado.com

Aqui estão 3 Barreiras que impedem você de transformar a vida que você tem hoje (e como superá-las). Isso vale para: crescer na carreira, perder peso, passar em um concurso, encontrar o amor etc. Não importa qual seja o seu objetivo, se quiser chegar lá, vai precisar superar essas 3 barreiras e, para isso, é importante que você saiba quais são elas…

Não importa qual seja o seu objetivo na vida neste momento: crescer na carreira, perder peso, passar em um concurso, encontrar o amor etc., para conseguir chegar lá, vai precisar superar 3 Barreiras específicas e, para isso, é importante que você saiba quais são elas…

www.paulomachado.com

Uma dica bem simples que vai ajudar você a não ficar acessando o celular a toda hora.
Se você tem mania de ficar olhando o telefone a todo instante a cada “microparada” do seu dia a ponto de não conseguir assistir a um jogo de futebol, um filme ou esperar um instante em uma fila, preste bem atenção. (Na verdade, você tem essa mania sim, né?)

Essa dica é muito simples, não vai te causar nenhum sofrimento nem abstinência, você vai continuar podendo acessar WhatsApp, Instagram, Facebook, Youtube etc. na hora que quiser, mas tem UMA coisinha que vai fazer toda a diferença e que você vai ver neste vídeo…

Saiba mais em: www.paulomachado.com

A DOR DE GASTAR DINHEIRO

Através de uma Tomografia por Emissão de Pósitrons (PET), procedimento avançado que mede em tempo real nossas reações neurológicas, cientistas detectaram uma sensação de dor no cérebro humano no momento em que gastamos dinheiro.

Até aí, nenhuma grande novidade, pois ninguém sente muito prazer em pagar um boleto, não é? Mas, o estudo comprovou empiricamente também que esta dor é ainda maior quando pagamos algo em dinheiro ao invés de cartão ou transferência.

Vamos pegar, por exemplo, um Colégio Internacional cuja mensalidade custa em torno de 3.500 reais. Normalmente, quem tem filho em uma escolha assim, deixa a conta em débito automático, pois você já imaginou sacar 3.500,00 reais em espécie e levar aquele enorme maço com 70 notas de 50 reais para pagar na secretaria todos os meses?

Na escala de dor, poderíamos afirmar que, do maior para o menor, seria algo mais ou menos assim:

– Pagar em dinheiro
– Pagar no cartão de débito
– Pagar no cartão de crédito
– Pagar parcelado
– Deixar em débito automático

Agora, como podemos manipular essa sensação negativa em nosso favor? É simples, pagar em dinheiro gastos que queremos controlar ou reduzir e deixar no débito automático investimentos importantes que queremos aumentar.

Ou seja, devemos pagar cigarro, cerveja, roupas, baladas e restaurantes com dinheiro enquanto coisas como investimentos financeiros, cursos, programas de desenvolvimento ou doações para instituições de caridade deixar no débito automático.

Um exemplo claro são, por exemplo, as doações para o Erasto Gaertner, Hospital de Câncer Infantil em Curitiba, vêm junto com a conta de luz da Copel, então você nem sente. Tudo é deliberadamente planejado.

Portanto, aqui está mais uma forma de você conseguir manipular o cérebro a seu favor, em vez de ser um escravo de suas vontades emocionais e instintivas. Façamos, então, um uso inteligente de nosso poder estratégico racional.

Se gostou, deixe o seu Like e Compartilhe… e, para manter contato comigo:

Site: http://paulomachado.com
Programa de Coaching Online: http://verdadeirosucesso.com
Canal do Youtube: http://youtube.com/c/paulomachadocoach
Instagram: http://instagram.com/paulo.machado.oficial
Linkedin: https://www.linkedin.com/in/paulorbmachado
Facebook: https://facebook.com/paulomachadocoach

Quantas vezes por dia você desbloqueia o celular? Quanto tempo você passa em média com a atenção no celular diariamente? Quanto tempo você leva do momento em que acorda até a primeira vez que checa o telefone?

Este mês a capa da Revista SuperInteressante fala sobre o vício no celular com a estampa: Smartphone – O Novo Cigarro. Isso é algo que acomete todas as idades (com destaque especial à adolescência) e pode ter efeitos devastadores no futuro – vide o aumento de ansiedade, depressão e déficit de atenção.

Você acaba caindo em uma espiral negativa: fica no celular tanto tempo até virar um zumbi e, quando está sem o telefone, fica ansioso para acessá-lo. Nada mais te preenche e isso vai drenando a motivação e tirando o sentido do mundo fora dele. Não se conversa mais com as pessoas nas festas, nos almoços de família etc.

Neste vídeo eu trago algumas reflexões sobre os danos que isso tem causado em nossa vida e em nossa sociedade e como podemos fazer para minimizar esses efeitos e utilizar os benefícios da tecnologia em nosso favor, sem nos tornarmos escravos dela.

Se gostou, deixe o seu Like e Compartilhe… e, para manter contato comigo:

Site: http://paulomachado.com
Programa de Coaching Online: http://verdadeirosucesso.com
Canal do Youtube: http://youtube.com/c/paulomachadocoach
Instagram: http://instagram.com/paulo.machado.oficial
Linkedin: https://www.linkedin.com/in/paulorbmachado
Facebook: https://facebook.com/paulomachadocoach

Por que eu decidi me inscrever no Campeonato Paranaense de Muay Thai? Aí está uma decisão que foi até de certa maneira incompreendida por pessoas muito próximas a mim – e eu sei que não foi por mal, pelo contrário, foi fruto de sentimentos de amor, carinho e preocupação comigo.

Além disso, as pessoas me falam: “Mas, Paulo… você dá Palestras no mundo Corporativo, parece que isso não combina muito com o seu perfil.”. Existe ainda uma questão de preconceito onde se confunde briga e violência com Arte Marcial…

Tem também a questão de superação física e mental, os benefícios que a luta pode trazer para seu Desenvolvimento Pessoal, sua carreira, como ela te prepara em habilidades essenciais para vencer os desafios da vida (especialmente diante de uma geração aparentemente tão fragilizada que está se formando em nosso tempo)… Então, nesse vídeo eu trago todas essas reflexões a você.

Se gostou, deixe o seu Like e Compartilhe… e, para manter contato comigo:

Site: http://paulomachado.com/

Programa de Coaching Online: http://verdadeirosucesso.com/

Canal do Youtube: http://youtube.com/c/paulomachadocoach

Instagram: http://instagram.com/paulo.machado.oficial

Linkedin: https://www.linkedin.com/in/paulorbmachado

Facebook: https://facebook.com/paulomachadocoach

Eu estava no cabeleireiro esses dias e, enquanto cortava o cabelo, um dos atendentes ficava ali ao lado o tempo todo no celular. Quando terminei, fui cumprimentá-lo para ir embora: ele apertou pause (estava jogando um jogo de futebol, provavelmente FIFA), me deu tchau e voltou a jogar – e essa cena me fez refletir…

Nada contra quem joga, eu mesmo adoro videogames, mas vamos supor que a rotina dele seja essa: chega segunda de manhã para trabalhar e, enquanto não vem um cliente para cortar, ele fica jogando. Como uma pessoa assim pode aspirar crescer profissionalmente, ganhar mais dinheiro, evoluir na vida se, neste tempo ocioso que ela dispõe, ela, em vez de preenchê-lo com coisas construtivas, acaba desperdiçando com algo que não irá levá-la a lugar algum.

O que vai acontecer neste caso se, de fato, esta for sua rotina? Os anos vão passar e ela vai se encontrar lá na frente ganhando a mesma coisa, sendo um profissional do mesmo nível que é hoje, deixando todo o seu potencial inexplorado…

Quantos profissionais a gente encontra assim no dia a dia? Um vendedor, por exemplo, que, enquanto não chega um cliente para atender, fica o tempo todo no celular quando poderia estar lendo um livro, estudando, fazendo um curso online, ouvindo uma palestra de vendas, prospectando clientes, planejando seu crescimento etc.

Por isso, coloque para si: “O meu tempo é valioso e é meu dever aproveitá-lo da melhor maneira possível.”. Preencha o seu dia com atividades de alto valor, planeje estrategicamente uma rotina de alta performance, você vai ver a diferença que isso irá fazer para o seu futuro…

Se gostou, deixe o seu Like e Compartilhe… e, para manter contato comigo:

Site: http://paulomachado.com

Programa de Coaching Online: http://verdadeirosucesso.com

Canal do Youtube: http://youtube.com/c/paulomachadocoach

Instagram: http://instagram.com/paulo.machado.oficial

Linkedin: https://www.linkedin.com/in/paulorbmachado

Facebook: https://facebook.com/paulomachadocoach

Se você continuar fazendo aquilo que sempre fez, onde vai estar daqui a 12 meses, ou daqui a 5 anos profissionalmente? Esse futuro é mais previsível do que parece. E se você se identificou ou não gostou nada do lugar que acabou de imaginar, preste bem atenção neste vídeo…

Nele, você vai entender a importância de sair do “modo automático” e planejar estrategicamente o seu Crescimento Profissional, por que você deve fazer isso IMEDIATAMENTE, o grande erro de continuar simplesmente fazendo o que você sempre fez no trabalho e, principalmente, o que você deve fazer para começar essa mudança agora mesmo.

Link: www.paulomachado.com/programa

Se gostou, deixe o seu Like e Compartilhe… e, para manter contato comigo:

Site: http://paulomachado.com

Programa de Coaching Online: http://verdadeirosucesso.com

Canal do Youtube: http://youtube.com/c/paulomachadocoach

Instagram: http://instagram.com/paulo.machado.oficial

Linkedin: https://www.linkedin.com/in/paulorbmachado

Facebook: https://facebook.com/paulomachadocoach

Você é o resultado do conjunto de hábitos que possui (ou deixa de possuir). Se parar para analisar sua vida mais de perto irá perceber que a sua situação atual nada mais é do que o resultado dos hábitos que escolheu cultivar.
 
Para mim, não existe uma receita de sucesso, mas se tivesse que falar uma, eu diria: “Cultive bons hábitos”. Acho muito difícil conseguir imaginar uma pessoa que tenha bons hábitos e, mesmo assim, tudo dá errado em sua vida. Da mesma forma, não consigo pensar em alguém que tenha péssimos hábitos e esteja bem. Existe uma relação clara de causa e efeito aí no longo prazo.
 
Então, quer mudar algo em sua vida permanentemente? Mude algo que você faz todos os dias! Mas por que é tão difícil mudar nossos hábitos?
 
Eis uma pergunta intrigante, não é? Muitos tentam, poucos conseguem. Por quê? Há várias razões. Mas podemos dizer que talvez o maior culpado seja: a parte mais antiga de nosso cérebro. É aí que está a chave para encontrar a explicação dessa força inconsciente que nos domina e é mais poderosa que nossa força de vontade e o nosso desejo racional de mudar.
 
Em seu livro Uma vida que vale a pena, Jonathan Haidt faz uma analogia muito interessante comparando nosso cérebro à cena de um elefante e um condutor. O elefante corresponde à parte mais primitiva do nosso cérebro responsável pelos hábitos (inconsciente, não requer esforço, automático, não compreende comunicação verbal, nunca cansa…) enquanto o condutor representa o neocórtex pré-frontal, área mais avançada que lida com o raciocínio lógico (consciente, gasta muita energia, delibera, compreende comunicação verbal, cansa rápido…).
 
Então, toda vez que queremos mudar um hábito: fazer uma dieta, manter a casa arrumada, ler etc., o condutor assume o controle temporariamente. Porém, o que acontece mais cedo ou mais tarde? Ele eventualmente cansa e o elefante assume o controle novamente.
 
Então, em primeiro lugar, não se culpe se fracassou na empreitada de criar uma nova rotina para si – culpe seu elefante! Mas, se o elefante é muito mais forte, qual é a chave então? Aprender a domar o elefante através da inteligência e não da força! E como fazer isso? Aqui estão três dicas básicas que poderão aumentar bastante as suas chances de sucesso em uma mudança de hábitos.
 

1. Tenha um plano

A primeira dica e mais importante de todas é pensar estrategicamente. Você deve se preparar antes da mudança, deve elaborar um plano antes de entrar em ação. Afinal, qual é a chance de qualquer projeto dar certo sem ter sido previamente planejado?
 
A mudança de hábito também é um projeto em sua vida e deve ser encarada como tal. Só essa mudança na sua forma de enxergar já fará grande diferença. Antes de agir, pare, pense, estude, planeje, vá atrás de uma estratégia inteligente e então inicie a mudança que deseja.
 

2. Tenha clareza das suas motivações

Pense que você precisará de energia para concretizar a mudança de hábito. É como se você tivesse uma bateria de celular e você precisa fazer esta carga durar até o elefante estar totalmente domado. E é aqui que está a chave: a carga inicial da sua bateria é diretamente proporcional à clareza das motivações que você tem para querer mudar de hábito. Se eu lhe perguntasse: “Por que você quer mudar este hábito dentre todos aqueles que poderia escolher?”, o que você me responderia?
 
Se você não tiver uma resposta clara e convincente, se não tiver bons motivos ou razões fortes o bastante, quer dizer que a sua bateria não está cheia. Compreenda por que você busca essa mudança? O que ela vai lhe proporcionar? De que maneira sua vida ficará melhor?
 
Pense que essa mudança é apenas o veículo para algo que está buscando, para a realização de um desejo. Descubra qual é esse desejo no fundo. Não “entre em campo” antes de ter clareza das suas motivações.
 

3. Aguente firme por 21 dias

Quanto tempo leva para treinar o elefante? Esse período depende da pessoa e da complexidade do hábito envolvido. Um estudo bastante respeitado da University College London afirma que são necessários, em média, 66 dias para que a mudança seja permanente.
 
No entanto, o primeiro terço desse tempo é a parte realmente mais difícil. Passados 21 dias – e aqui vem uma boa notícia – o elefante já estará mais treinado e a mudança irá requerer cada vez menos esforço até chegar no modo automático (elefante totalmente domado), que não requer mais nenhum esforço! Portanto, foque apenas nos 21 dias para começar.
 
Entrando em um “Círculo Virtuoso”: Após um primeiro projeto bem realizado, seus “músculos mentais” estarão mais fortes e sua energia para uma próxima empreitada será maior, pois você já terá alcançado um nível maior de disciplina.
 
Além disso, a sensação de realização, de dever cumprido, irá lhe dar uma dose enorme de motivação para uma próxima mudança e assim sucessivamente, fazendo com que caia em um círculo virtuoso e transformando de maneira permanente sua vida! Quando se der conta, estará vivendo em uma rotina de alta performance e concretizando todos os seus sonhos e objetivos.
 
O próximo capítulo é um dos meus favoritos! As mudanças em nossa vida não acontecem do dia para a noite, mas, ao mesmo tempo, não têm que demorar tanto. Existe uma forma de acelerar este processo…
 
(Continua…)
 
 
Para saber mais: www.paulomachado.com
Se gostou, compartilhe…