Posts

Hoje eu vou contar a você uma história incrível… Você sabe como surgiu o filme Rocky? Conheça agora tudo que Sylvester Stallone teve que passar para realizar o seu grande sonho…

Os problemas na vida de Sylvester Stallone, ou Sly, como é conhecido nos EUA, começaram desde o seu nascimento. Seu parto teve graves complicações e o médico teve que usar um fórceps – o que o deixou para sempre com uma paralisia facial. Já reparou que ele tem a boca e o olho meio caídos de um lado? Isso posteriormente acabou até sendo uma característica da sua marca.

Aos 16 anos, por não conseguir se concentrar nas aulas, abandonou os estudos e foi trabalhar com a mãe em um salão de cabeleireiros. Aquilo era só temporário, porque ele tinha muito claro qual era o seu verdadeiro sonho: trabalhar com cinema!

O primeiro trabalho no cinema

Os anos foram passando, ele tentou diversos papéis, mas nunca o aceitavam. Até que um dia, passou a noite na frente do estúdio e disse que não sairia enquanto não lhe dessem uma oportunidade. O diretor, com pena daquele rapaz tão determinado, resolveu dar a ele uma ponta de 20 segundos em um filme (ele era um bandido que apanhava). Este foi seu trabalho no cinema.

Resultado de imagem para young sylvester stallone

Apesar desta pequena vitória, as dificuldades só aumentavam. Ele estava sem emprego e sem dinheiro para pagar sequer a calefação do seu apartamento.

Totalmente quebrado, um dia ele resolveu ir à biblioteca pública para se aquecer e alguém havia deixado um livro sobre a mesa. Ele começou a ler sem parar e pegou gosto pelas palavras. Saiu dali e escreveu o seu primeiro roteiro, o qual conseguiu vender por 100 dólares. Uma fortuna para ele!

O dia mais difícil de sua vida

Nesta época, ele já era casado, mas seu relacionamento com a esposa não era nada amoroso. Quem ele mais amava no mundo na verdade era o seu cachorro: Buktus. O problema é que ele não tinha dinheiro para alimentá-lo. Então, em uma noite de desespero, ele tomou uma atitude drástica…

Foi até uma loja de bebidas e ficou na frente tentando vender seu cachorro por 50 dólares. Um homem acabou negociando em comprando-o por 25. Stallone conta que este foi o dia mais triste da sua vida… Ele chorou a noite inteira.

O grande insight

Vagando sem rumo, ele parou em um bar onde estava passando a luta de boxe entre Ali x Wepner e o que mais chamou sua atenção não foi a performance de Ali que estava no seu auge, mas a de Wepner que mesmo sendo terrivelmente massacrado não desistia, continuava seguindo em frente na luta como um guerreiro. Neste momento, ele teve um insight que mudaria para sempre sua trajetória…

Resultado de imagem para ali vs wepner

Ele disse: “É isso! Já tenho a minha história…”. Naquele mesmo instante ele voltou para casa e escreveu por 20 horas seguidas todo o roteiro de Rocky, de uma vez só! Com o tesouro da sua vida em mãos, foi até os estúdios da época para tentar vender o filme.

Recebeu dezenas de “nãos”. Os produtores caçoavam dele dizendo que a história era ridícula, piegas, previsível… Ele anotou tudo e fez questão de ler cada um desses adjetivos quando Rocky receberia o Oscar de Melhor Filme em 1977. Ele dizia: “A melhor vingança contra seus inimigos é o seu próprio sucesso”.

A grande oferta…

Mas lá atrás, Stallone não conseguia de jeito nenhum vender seu roteiro, até que um dia um estúdio comprou realmente a ideia e ofereceu a ele 125 mil dólares pelo roteiro! Ele mal podia acreditar… Recebeu a oferta, mas disse que havia um porém: Ele teria que ser o ator a interpretar o Rocky!

Na hora o estúdio achou aquilo um absurdo, que ele não tinha experiência como ator. Então, mesmo passando fome, ele RECUSOU a oferta de 125 mil dólares, pois não conseguia imaginar ninguém mais fazendo o papel da sua vida.

Passado um tempo, o estúdio voltou a procurá-lo e oferecer 250 mil dólares pelo roteiro, mas ele não poderia ser o Rocky, pois eles já tinham encontrado o ator ideal. Ele recusou novamente e o estúdio fez uma oferta final de 325 mil dólares para ele desistir de ser o ator do próprio filme.

Sly disse que aquilo era inegociável até que o estúdio disse: “OK, você poderá fazer o papel. Mas, nós iremos pagar somente 35 mil dólares pelo roteiro e vamos gastar só 1 milhão com o filme todo. Desta forma, não arriscamos tanto dinheiro.”

A busca pelo seu amigo

Ele aceitou e, de posse desses 35 mil, qual foi a primeira coisa que Stallone fez? Voltou à loja de bebidas e ficou esperando para ver se encontrava o novo dono do seu cachorro. Até que no terceiro dia ele finalmente o encontrou e disse: “Senhor, lembra de mim? Eu te vendi este cachorro alguns meses atrás, porque eu estava passando fome e não tinha como alimentá-lo. Eu sei que o senhor deve amá-lo também, mas ele é tudo para mim e eu gostaria de comprá-lo de volta. Eu te dou 100 dólares.”.

O homem foi intransigente e disse que gostou bastante do cachorro e ele não o venderia. Stallone, então, ofereceu 500 dólares! Mesmo assim, o dono estava irredutível. Então, ele ofereceu mil dólares e o dono finalmente disse: “Pare com isso, o cachorro é meu agora e ponto final.”

Mesmo assim, Sly não desistiu e, após muita negociação, comprou o cachorro de volta por 15 MIL DÓLARES (praticamente metade do que havia recebido pelo roteiro) e o homem ainda exigiu aparecer no filme! Tanto que o cachorro do filme era o cachorro da vida real de Stallone e o homem da loja de bebidas também aparece.

Perceba a determinação e a atitude diferenciadas de Sylvester Stallone que era alguém que tinha tudo para dar errado e ainda assim conseguiu triunfar através da sua obstinação. Rocky não só ganhou o Oscar, como se tornou um fenômeno no cinema mundial ganhando várias sequências e tornando Sly um dos maiores e mais bem-pagos astros de Hollywood.

Não existe sucesso instantâneo

Resultado de imagem para rocky movie

Que história incrível, não é? Muitas vezes somos induzidos a acreditar naquela imagem de “sucesso instantâneo” estampada nas capas das revistas. Elas não mostram todo o sofrimento, rejeição, resiliência, determinação, pois a capa só retrata o seu momento de glória e não tudo o que aquelas pessoas tiveram que passar para chegar lá.

Os exemplos dessa ilusão de sucesso instantâneo são os mais diversos:

  • o cantor inspirado grava aquele hit de sucesso e fica famoso;
  • o empreendedor que tem uma ideia genial e fica milionário;
  • a mulher está distraída no café e encontra o amor da sua vida;
  • a pessoa acima do peso encontra a dieta milagrosa que a coloca em forma em pouco tempo.

Esta é uma grande fantasia, pois o sucesso (assim como o fracasso) não acontece da noite para o dia.

Que esta história possa inspirar você a não desistir dos seus sonhos… saiba que por trás de toda história de sucesso sempre há uma grande batalha de superação.

Gostou? Para saber mais, acesse: www.paulomachado.com

 

Pare e reflita por um instante…

Para você, tudo acontece no seu cérebro. Esta é a sua realidade. Não importa o que ocorra ao seu redor, tudo sempre passará pelo filtro dos seus sentidos.

Se você me disser que a sua meta é comprar um carro esportivo – e não há nada errado em ter uma meta assim – e eu lhe perguntar: “Por que você quer isso?”, você poderá dizer que é para obter status, se sentir mais jovem ou atraente, ou ainda que é pela emoção da velocidade ou da aventura, o fato é que o que você sempre busca é uma sensação de prazer em seu cérebro.

Você não quer o carro. Você quer o que o carro irá lhe proporcionar. E, indo mais a fundo, você não quer o que o carro irá lhe proporcionar, você quer a sensação em seu cérebro que essas coisas irão fazê-lo sentir. (Lembra da diferença entre veículo e objetivo?)

Você pode me dizer que quer qualquer coisa, se eu provocá-lo perguntando “Por quê?” várias vezes, perceberá que invariavelmente a sua resposta final será “Para obter uma sensação de prazer no cérebro”. Perceba como essa mudança na forma de enxergar muda tudo.

No final das contas você não quer um milhão de dólares, emagrecer 10 quilos, viajar o mundo ou encontrar sua alma gêmea, você quer o sentimento que essas coisas irão lhe dar. A partir do momento que entende isso, o jogo muda porque você descobre que pode obter essas sensações sem ter de necessariamente obter o que acabamos de citar. A propósito, os vendedores e publicitários de maior sucesso compreendem muito bem como isso funciona.

O que buscamos não são coisas, mas alguma forma de aumento de qualidade em nossa vida. E, aliás, você já parou para pensar o que realmente determina essa qualidade? Não é dinheiro, amor, saúde, mas a qualidade das emoções que você sente constantemente. E de onde surgem essas emoções?

 

A força que controla seus pensamentos

“Mindset”, eis uma palavra poderosa. E o que ela significa? Eu gosto de pensar em mindset como a “forma como você programou a sua mente para pensar”.

E por que essa palavra é tão poderosa? Porque tudo em sua vida, todos os resultados que você obtém nascem e são construídos a partir do seu mindset. Seu sucesso profissional, seu casamento, sua saúde, sua prosperidade etc.

Basta observar que o mindset de pessoas de sucesso é drasticamente diferente daquele de pessoas frustradas.

Quer ver só? Pense em alguém que você considera uma pessoa de sucesso.

Agora, pense em uma pessoa para quem nada dá certo e que está sempre reclamando, e perceba como as duas têm uma maneira muito diferente de pensar, de enxergar as coisas, de interpretar a realidade e também um conjunto muito diferente de crenças sobre a vida e sobre si mesmas.

Você pode mudar de emprego, esposa, cidade, mas se não mudar a sua mente, as mesmas experiências, os mesmos sentimentos irão se repetir. Goste ou não, o fato é que você está preso a ela.

Por isso, toda mudança, toda nova jornada, começa primeiro em sua mente. É lá que a sua vida acontece. Como fazer isso? A PNL (Programação Neurolinguística) nos traz técnicas muito interessantes e aqui eu vou mostrar uma delas.

 

Perguntas inteligentes

Alguma vez você procurou algo no Google e ele não achou absolutamente nada a respeito? Com certeza, não.

Com o seu cérebro é a mesma coisa. Toda vez que é acionado, ele tem a obrigação de buscar respostas. Ele não pode não fazer isso a partir do momento que a pergunta é feita.

Não leia esta frase.

Viu só? Já leu. É mais ou menos o mesmo princípio.

Então, chegou a hora de utilizar isso em seu favor e aproveitar essa submissão de uma maneira inteligente.

Se você se perguntar:

“Por que eu não consigo emagrecer?”

Seu cérebro irá involuntariamente procurar respostas e elas virão em forma de pensamentos.

Para esta pergunta – que aliás é uma péssima pergunta e você vai ver por que –, as respostas seriam algo como:

“Porque você não tem disciplina… porque você come demais… porque você tem preguiça de se exercitar… porque você sempre desiste no meio do caminho…”

Mas o cérebro não está errado. A culpa não é dele. Ele está se esforçando para responder o que você perguntou.

Qual é o segredo, então? Mudar as perguntas! Essa é uma das forças mais poderosas de transformação, pois isso é algo que você controla. E perguntas inteligentes geram respostas inteligentes.

Então, se você agora perguntasse:

“Como eu posso emagrecer e ainda me divertir durante o processo?”

As respostas não seriam muito mais interessantes?

Outro exemplo: quem você acha que tem mais chance de arranjar um bom parceiro, alguém que pensa:

Por que nenhum relacionamento dá certo comigo?

Ou alguém que pensa:

O que eu preciso melhorar em mim para merecer uma pessoa especial ao meu lado e construir um relacionamento saudável?

E um último exemplo para ficar ainda mais claro:

“Como posso fazer isso se eu não tenho tempo para nada?” versus “Como eu posso organizar melhor meu tempo para focar naquilo que realmente importa?”.

Perceba como existe uma grande diferença nos tipos de respostas que essas perguntas geram.

Resumindo de uma maneira bem prática:

O seu sucesso está diretamente ligado com a qualidade do seu diálogo interno, das perguntas que você se faz constantemente.

Essas perguntas afetam em grande escala como você se sente, como age e de que maneira enxerga as coisas ao seu redor.

Então, fique atento às perguntas que você se faz.

Fascinante a nossa mente, não? Agora que você tem a base de como funciona nosso cérebro, está preparado para o próximo capítulo no qual vamos ver como a nossa vida é o resultado do conjunto de hábitos que cultivamos e, mais importante, como mudar esse conjunto para viver muito melhor. Prepare-se porque a partir do próximo capítulo seus hábitos irão mudar!

(Continua…)

Para saber mais, acesse: www.paulomachado.com

Se gostou, compartilhe…

Aqui está uma experiência muito interessante que eu fiz neste feriado e que você pode fazer agora mesmo…

 

Que horas você acessa pela primeira vez no seu dia algum tipo de mídia de social (WhatsApp, Facebook, Instagram, Youtube…)? Ou melhor, quanto tempo depois que você acorda você acessa essas mídias? Uma hora, trinta minutos, 5 minutos, 1 minuto… muitos, eu arrisco a dizer que esse tempo não chega a 10 segundos! É o tempo só de desligar o despertador…

Qual é o problema disso? Vários… mas, para não me alongar, vou falar apenas do principal…

 

Um velho ditado…

Lembra quando nossos avós/pais diziam: “Primeiro o dever de casa, depois você pode brincar.” Pois essa é mais um daqueles simples ditados que carregam consigo uma profunda sabedoria poucas vezes percebidas em sua profundidade pelas pessoas em geral.

Se você “brinca antes de fazer o dever”, você fica com uma sensação de vazio, pois já se divertiu sem ter o merecimento para tal e ainda depois vai ter que arcar com o peso de realizar suas obrigações. Isso, repetido várias vezes, vai criando uma pessoa irresponsável, sem foco, sem motivação, sem clareza de prioridades…

Por outro lado, se você posterga a diversão e se concentra naquilo que é mais importante primeiro, o efeito oposto ao longo do tempo também é verdadeiro. Você vai se tornando uma pessoa mais responsável, focada, motivada e com clareza daquilo que realmente é prioritário.

A verdade é que se você “se divertiu” antes de fazer aquilo que precisa fazer, você já perdeu sua motivação, seu foco e sua prioridade. Uma vez ouvi uma frase que dizia: “Preguiça é o ato de descansar sem ter feito nada para estar cansado”.

Por isso, se você acessa as mídias sociais antes de ter realizado algo de valor no seu dia, você já preparou a base para um dia improdutivo. Isso gera um efeito cascata, pois manhãs improdutivas geram dias improdutivos, que geram semanas improdutivas, que geram meses improdutivos, que finalmente geram uma vida improdutiva.

 

O milagre da manhã

Se você quer se aprofundar mais sobre isso, recomendo muito o livro “O Milagre da Manhã”, de Hal Elrod. Em suma, o livro diz que aquilo que você faz nos primeiros 90 minutos do seu dia determina o tipo de vida que você leva.

Por outro lado, sabe aquela sensação agradável de dever cumprido ao final de um bom dia de trabalho ou de uma semana produtiva? Essa sensação representa o mérito do descanso, que faz você estar livre e com a consciência limpa para descansar, se divertir, não fazer nada… sem qualquer sentimento de culpa. Tudo fica melhor quando se está com essa sensação, o sono, a série no Netflix, a corrida no parque, o tempo com a família, a viagem de férias…

Por isso, lembre-se sempre daquela frase que seus pais diziam: “primeiro o dever de casa depois a diversão”.

 

Dica prática

Para concluir, vou deixar uma dica prática. Essa é mais uma daquelas pequeninas mudanças na sua rotina que pode ter um impacto enorme na sua vida.

Lembra da pergunta do início? Quanto tempo depois que você acorda que você acessa suas mídias sociais (diversão)? Crie uma regra para si mesmo e faça com que esse tempo não seja menor do que 90 minutos. Você vai ver uma enorme diferença instantaneamente na sua motivação, na sua produtividade e no seu bem-estar.

Faça a experiência e conte para mim qual foi o resultado escrevendo para contato@paulomachado.com, vou gostar muito de receber sua mensagem.

E para começar uma mudança de verdade em sua vida, acesse: www.paulomachado.com

O que fazer quando você sabe que precisa mudar as coisas na sua vida, mas está sem energia/motivação para colocar em prática aquilo que deve ser feito?

Aí está uma pergunta de 1 milhão de dólares, mas que eu vou tentar responder para você agora. O texto é longo porque não haveria valor em responder algo tão profundo de maneira tão simplista. Eu espero que valha cada segundo que você investir nele lendo.

Vamos supor que você esteja neste momento passando por uma grande dificuldade. Neste caso, eu vejo três situações possíveis: A) você ainda não sabe o porquê de estar passando por isso; B) você já identificou a causa, mas não sabe o que fazer a respeito ou C) você sabe a causa, sabe o que tem que fazer, mas não consegue ou não tem forças para agir.

 

Em qual grupo você está?

O primeiro passo é definir em qual grupo você está: A, B ou C?

Se você está no grupo A, o primeiro passo, então, é identificar quais foram as causas que conduziram você até esta dificuldade presente. Em outras palavras: O que está causando a sua dificuldade atual. Como vivemos em um mundo de Causa e Efeito, para tudo existe uma causa.

Se você está no grupo B, a pergunta é outra: “O que você deve fazer para cessar essa causa?” Saiba que existem coisas neste exato momento que você pode fazer, que estão ao seu alcance, que não dependem de ninguém e de nada além da sua vontade que vão ajudar você a combater essa causa. Comece obtendo clareza do que precisa fazer…

Por fim, se você está no grupo C, aí é mais complexo… e eu retomo a pergunta do início: O que fazer quando você sabe que precisa mudar as coisas na sua vida, mas está sem energia/motivação para colocar em prática aquilo que deve ser feito?

Neste caso, a chave está em encontrar a sua MOTIVAÇÃO para agir. Descobrir o seu Por Que. Esse é o seu combustível. O seu nível de energia é diretamente ligado à clareza que você tem das suas motivações. Como disse Nietzsche uma vez: “Aquele que tem um ‘Por que’ forte o bastante, consegue realizar qualquer ‘Como’”.

Não adianta querer agir antes de ter clareza das suas motivações, pois é como você tentar dirigir um carro de tanque vazio e perguntar: “Mas, por que ele não está andando”?

O que nos leva à próxima camada da reflexão: Como descobrir o seu “Porquê” para encontrar a preciosa fonte da sua motivação?

 

 

Encontrando seu propósito

Resposta: Perguntando o porquê.

Fazendo uma pergunta que é simples (de fazer), mas que acabamos nunca nos perguntando: “Por que isso é tão importante para mim? Por que é tão importante que eu consiga mudar isso agora em minha vida?”

Mas não adianta responder de maneira leviana. O segredo está em ser específico para obter uma clareza maior. Por isso, em vez de simplesmente responder mentalmente, escreva uma lista no papel com 10 COISAS de por que a sua vida seria melhor se você conseguisse obter a mudança que mais deseja neste momento.

O que nos leva à próxima camada… (viu como vai ficando profundo?)

Pare um instante e reflita. Neste momento, você está diante de um simples exercício que pode ser o primeiro passo para uma enorme mudança positiva na sua vida, identificando o que está causando o seu momento de dificuldade e combatendo essa causa de maneira focada e consciente. O primeiro passo está bem aí diante das suas mãos e, mesmo assim, a grande maioria das pessoas (eu diria uns 95%) não vão se dar ao trabalho de sair da rotina um minuto e fazer esse pequeno exercício. Por que?

 

Saindo do Modo Automático

Aprofundando ainda mais, começamos a chegar mais perto da resposta de por que tantas pessoas vivem infelizes, muito aquém do seu potencial e continuam vivendo assim inertes…

Isso ocorre porque vivemos em uma espécie de “Modo Automático”, vivendo inconscientemente o nosso dia a dia, presos à inércia do quotidiano, repetindo sempre as mesmas coisas.

O grande problema disso é que caímos em uma terrível armadilha: não percebemos o tempo passar. E aí, corremos o sério risco de, um belo dia, abrirmos os olhos lá na frente e nos darmos conta de que a vida foi ficando para trás.

Como quebrar esse feitiço e assumir novamente o controle da nossa vida?

Aproveitando momentos de reflexão como este. Se você chegou até aqui, é porque realmente conseguiu parar um momento, sair da inércia e, agora que eu tenho a sua atenção, eu te convido a despertar. O que é esse despertar? É perceber a necessidade de obter clareza e caminhar com foco em direção da onde você realmente quer chegar com a sua vida antes que o tempo passe…

Esses momentos, como este que você está agora, são preciosíssimos. Neles, é como se uma “janela de lucidez” fosse aberta, uma oportunidade de começar uma nova história, reescrever seu destino, caminhar rumo a um novo futuro começando AGORA MESMO. Qual é o valor disso? Quantas pessoas não dariam tudo para poder voltar no tempo e ter a oportunidade que você está tendo neste exato momento. A oportunidade de parar um instante e refletir com mais profundidade sobre o tipo de futuro que quer passar o resto da sua vida.

Uma última barreira

Mas existe uma barreira também… uma barreira que infelizmente vai fazer com que muitos acabem perdendo essa oportunidade. A barreira é que você tem que se comprometer com essa mudança AGORA, neste exato instante! E você sabe por que?

Porque, tão logo você termine de ler esse texto, os afazeres do dia a dia irão tomar conta novamente, você será sugado de volta à inércia e cairá na rotina de sempre. E aí você vai fazer o que sempre fez e a vida continuará a ser sempre a mesma.

Então, se não quer que isso aconteça com você, não quer continuar procrastinando enquanto você sabe que pode fazer muito mais com a sua vida, preste atenção agora…

Eu vou te mostrar exatamente o que você precisa fazer…

Mas, antes, se você não está interessado nisso, não tem problema. Eu desejo igualmente tudo de melhor para a sua vida! Espero que tenha valido o seu tempo de ter lido até aqui pelas reflexões que foram propostas.

Por outro lado, se você continuar lendo a partir daqui, eu vou partir do pressuposto que você é o tipo de pessoa que realmente está comprometida a iniciar um processo consciente para melhorar a sua vida começando agora mesmo, ok?

Se você é essa pessoa, eu te convido a ver uma apresentação especial. É importante que você veja até o FINAL porque é ali que está a chave:

Aqui está o link para você: www.paulomachado.com/sucesso

Hoje o texto é especial para você que já conhece meu Programa Online de Desenvolvimento Pessoal, mas que, por alguma razão, acabou não se inscrevendo nele ainda…

(Se você ainda não conhece o Programa, clique neste link ANTES de continuar lendo: www.verdadeirosucesso.com)

A partir de agora, eu vou presumir que você já conhece o Programa, ok?

Meu objetivo neste texto especial é bem claro: ajudar você a vencer a procrastinação e a NÃO cometer um grande erro que a maioria das pessoas comete na hora que tem a oportunidade de iniciar uma transformação positiva em sua vida que é “deixar para começar amanhã”…

Por isso, eu preparei aqui 3 MOTIVOS por que você deveria aproveitar essa oportunidade e começar HOJE mesmo um novo Ciclo de Crescimento Pessoal e Profissional para a sua vida.

Pare um instante e preste bastante atenção, pois a decisão que você tomar ao final deste e-mail pode ser o início de um futuro totalmente diferente para sua vida a partir de agora… como foi para diversas pessoas que fizeram o Programa e tiveram suas vidas verdadeiramente transformadas. Aliás, essa semana, depois da Live que eu fiz no Sebrae, o Programa bateu a marca de mais de 500 pessoas já inscritas!

 

 

1º Motivo: Você ganha 3 Bônus muito Especiais

Normalmente quando a gente vê a palavra “Bônus”, a gente pensa em uma espécie de “brinde”, um mimo extra, né? Aqui vai ser diferente… você vai ver abaixo que se tratam de 3 BÔNUS realmente especiais. Se você adquirir o Programa hoje, você vai ganhar GRATUITAMENTE:

a) Uma Sessão de COACHING ao Vivo 1 a 1 comigo via Skype ao final do Programa. Esta é a chance para que você possa estar frente a frente comigo para aprender como aplicar os princípios que aprendeu no seu contexto de vida pessoal. (Apenas para que você possa compreender o valor disso, um processo de Coaching comigo de 10 Sessões custa R$ 4.990,00.)

b) Uma cópia EXCLUSIVA impressa, autografada e com dedicatória personalizada do meu livro “O Verdadeiro Sucesso” que é o resumo de todo o Programa para que você tenha ele para o resto da sua vida como um Manual de Coaching e Desenvolvimento Pessoal. Este livro é realmente exclusivo porque não está à venda nas livrarias. A ÚNICA forma de conseguir ele é concluindo o Programa ou ganhando de presente direto das minhas mãos.

c) Esse aqui eu considero realmente especial… Se você se inscrever hoje, vai ganhar uma CÓPIA EXTRA do Programa totalmente gratuita para que você possa PRESENTEAR alguém especial que você quer que também tenha uma transformação positiva em sua vida. Pode ser seu cônjuge, seu chefe, seu sócio, seu irmão, seu subordinado… Talvez esse possa vir a ser o melhor presente que você já deu a essa pessoa…

Além desses 3 Bônus, tenho uma grande NOVIDADE que vai facilitar ainda mais para você que quer buscar o seu desenvolvimento e melhorar sua vida…

2º Motivo: Novo Parcelamento agora em 12x

Esta é uma coisa que muitos estavam me pedindo… E aqui aproveite para te convidar a fazer uma pequena reflexão… Quanto você gasta com “coisas” todos os meses que não mudam em absolutamente nada a sua vida? E se você separasse um pouco disso para investir em si mesmo e melhorar a sua vida? Afinal, se você não está preparado para investir o equivalente a um CAFEZINHO por dia em si mesmo, como pode esperar crescer na vida e na carreira? Se for assim, pode continuar sonhando… pois saiba que, não importa qual seja a mudança que mais deseje na vida, você vai ter que estar preparado para INVESTIR em si mesmo se quiser chegar lá.

3º Motivo: Cupom com 10% de Desconto

Quem me acompanha sabe que é raríssimo eu fazer qualquer promoção ou dar qualquer desconto para o Programa. Mas, especificamente hoje, eu estou oferecendo um CUPOM de 10% de Desconto na hora da compra. O Cupom é automatizado e vai valer somente até esta SEXTA-FEIRA (08/06/18) às 23:59 ou para os 50 primeiros que se inscreverem. Então, aproveite… É só inserir na hora da compra o Cupom: OVS10

Por fim… Como se tudo isso não fosse o bastante… eu preparei mais uma coisa especial para que você tenha a CERTEZA de estar fazendo a escolha certa.

 

Se você adquirir hoje o Programa e chegar à conclusão de que não valeu a pena o investimento, você ainda tem 12 dias para solicitar um reembolso TOTAL. Basta mandar um e-mail para: contato@paulomachado.com e você terá todo seu dinheiro de volta, 100% do valor, sem perguntas! Não vou tentar te persuadir ou insistir para você ficar. E mais: Você ainda fica com o Programa! Isso mesmo… se não estiver satisfeito, você recebe seu dinheiro de volta e ainda fica com o Programa! Tudo isso é para que você saiba que seu risco aqui é ZERO. Você não tem absolutamente NADA a perder, em compensação, tem MUITO a ganhar…

Concluindo…

Sinceramente, eu acho que este é o máximo que eu posso fazer para ajudar você a não cair na armadilha de continuar vivendo a sua vida no MODO AUTOMÁTICO e perceber só lá na frente que o tempo passou e você acabou tendo uma vida muito aquém do que realmente era capaz.

Mas eu acredito que, se você chegou até aqui, isso mostra que você é o tipo de pessoa que realmente está buscando seu desenvolvimento, que realmente quer melhorar sua vida. Então, aproveite essa oportunidade e aja AGORA, pois, se deixar para amanhã, você não vai começar NUNCA… Infelizmente acabo vendo bastante isso no meu trabalho, mas não quer que seja você também a cair nesta armadilha. Lembre-se: O custo de não agir agora poderá ser muito caro lá na frente…
Aqui está a chance de começar agora um novo futuro para sua vida:

> CLIQUE AQUI PARA SE INSCREVER AGORA

 

Eu estava no aeroporto de Nova Iorque aguardando na fila quando um táxi encostou. A primeira coisa que eu notei foi como o carro estava impecavelmente limpo, seu brilho chegava a reluzir. Elegantemente vestido com uma camisa branca, uma gravata preta e uma calça que parecia ter sido recém passada, o motorista apressou-se em sair para contornar o carro e gentilmente abrir a porta do passageiro para eu entrar.

Ele me entregou um belo cartão de visita e disse: “Eu sou o Wally, seu motorista! Enquanto carrego sua bagagem no porta-malas, gostaria que o senhor lesse a minha Missão como profissional de transporte urbano.

O cartão dizia:

Declaração da Missão do Wally:

“Levar meus clientes aos seus destinos da maneira mais rápida, segura e econômica possível em um ambiente amigável e proporcionando uma experiência agradável”.

Eu fiquei impressionado, especialmente quando notei que o interior do táxi fazia jus ao exterior. Parecia que havia sido especialmente limpo só para mim.

Ao sentar no banco do motorista, Wally me disse: “O senhor aceita um café? Eu tenho uma garrafa térmica com café fresco e outra com um descafeinado.”

Eu brinquei e disse: “Na verdade, o que eu gostaria mesmo era de um refrigerante.”

O Wally sorriu e disse: “Sem problemas. Eu tenho um frigobar com Coca-Cola, Coca Zero, suco de laranja e água.”

Sem conseguir conter minha surpresa, eu disse: “Eu aceito uma Coca, obrigado.”

Entregando-me a bebida, Wally disse: “Se o senhor quiser algo para ler, eu tenho o The Wall Street Journal, Time, Sports Illustrated e USA Today.”

Enquanto arrancávamos, ele me entregou um outro cartão e informou: “Essas são as estações que tenho à disposição e as músicas que elas tocam caso o senhor queira escutar um pouco de rádio para relaxar.”

Como se não bastasse, Wally me perguntou se a temperatura do ar condicionado estava ao meu agrado. Então, ele sugeriu o melhor caminho durante aquele horário do dia. Também me disse que seria um prazer conversar e falar sobre os pontos turísticos ou, se eu preferisse, ele me deixaria a sós com os meus pensamentos.

Eu perguntei: “Wally, você sempre atendeu seus clientes assim?”

Wally sorriu pelo retrovisor e respondeu: “Não, nem sempre. Na verdade, faz apenas dois anos. Nos meus primeiros anos dirigindo eu passava meu tempo reclamando como a maioria dos taxistas. Até que um dia eu ouvi no rádio um guru do Desenvolvimento Pessoal chamado Wayne Dyer.

Ele havia acabado de escrever um livro chamado ‘Você irá enxergar quando você acreditar’ (You’ll see it when you believe it). Ele dizia que se você acordar de manhã com a expectativa que você terá mais um dia difícil, você raramente irá se desapontar.

O autor falou: ‘Pare de reclamar! Diferencie-se de seus concorrentes. Não seja um pato. Seja uma águia. Patos resmungam e reclamam. Águias possuem o céu para si e voam acima da multidão.'”

“Aquilo me acertou em cheio”, disse Wally. “Era como se o Dr. Wayne estivesse falando aquilo para mim em particular. Eu ficava o tempo inteiro resmungando e reclamando, então decidi mudar minha atitude e me tornar um águia! Olhei em volta os outros táxis e seus motoristas. Os carros estavam sujos, os taxistas não eram amigáveis e os clientes estavam insatisfeitos. Então, decidi implementar algumas mudanças, um pouco de cada vez. Como os clientes respondiam de uma maneira positiva, eu fazia cada vez mais.”

Então, eu falei: “Imagino que tenha valido a pena.”

“Com certeza!”, ele respondeu. “Meu primeiro ano como uma águia, eu faturei o dobro do que no ano anterior. Este ano eu irei provavelmente faturar quatro vezes mais. Você teve sorte em me pegar hoje. Eu não costumo mais ir até o ponto. Meus clientes me ligam o tempo todo e preenchem minha agenda. Quando não posso atendê-los, eu sempre os encaminho a um taxista da minha confiança e sou recompensado por isso.”

Wally era incrível. Além de estar trabalhando com paixão todos os dias, ele já estava administrando paralelamente um serviço de limusine.

Eu já devo ter falado sobre esta história a mais de cinquenta taxistas ao longo dos anos. Entretanto, somente dois realmente mudaram a sua maneira de trabalhar. O resto deles permaneceram patos e me falaram todas as razões pelas quais eles não podiam implementar nada do que eu lhes havia sugerido.

Este artigo foi adaptado de um texto escrito em um Jornal das Filipinas relatado pelo próprio Dr. Wayne Dyer.

Gostou? Então, acesse agora: www.paulomachado.com para saber mais.

Hoje eu quero compartilhar com você 5 coisas que eu faço todas as manhãs que me ajudam a começar bem meu dia. São dicas práticas e você pode começar todas elas amanhã mesmo se quiser.

Mas, antes de eu te falar, é importante você entender por que é tão importante ter alguns rituais matinais e como isso afeta drasticamente a sua vida.

No livro “O Milagre da Manhã”, de Hal Elrod, o autor escreve que a chave para melhorar sua vida está naquilo que você faz antes das 8h00 da manhã. Como você acorda todos os dias e a sua rotina matinal (ou a falta dela) afeta dramaticamente o nível de sucesso nas diferentes áreas da sua vida. Se você aperta o botão “soneca” 5 vezes no despertador, levanta atrasado, engole um café quente e sai correndo para trabalhar, você já programou que seu dia será ruim. Se isso já se tornou um hábito, não é de se espantar se a sua vida estiver uma bagunça.

Por outro lado, se você for capaz de criar um conjunto de rituais saudáveis e produtivos nos primeiros 90 minutos do seu dia, a mudança vai ser drástica na sua vida.
Então, aqui estão as 5 coisas que eu faço todos os dias que talvez possam ajudar você…

1) Ler

Essa é a primeira coisa que faço no meu dia. Isso mostra o quanto a leitura é importante para mim. Além disso, como é logo cedo, antes de todos os compromissos do dia, eu acabo nunca deixando de ler. Ao longo prazo, é impressionante o resultado deste hábito. É algo que te transforma completamente. Além disso, com o tempo, eu aprendi também a otimizar minha leitura, escolher os melhores livros, melhorar minha velocidade e retenção… Atualmente leio 90% das vezes no Kindle e já me acostumei perfeitamente. Hoje, inclusive prefiro o Kindle ao papel. Pequeno, portátil, tem o dicionário embutido, eu toco uma palavra e aparece na hora o significado, a bateria dura semanas, tenho virtualmente qualquer livro do mundo a um toque de distância etc. É maravilhoso…

2) Meditar

A segunda coisa que eu faço é meditar… uso um aplicativo chamado HeadSpace que foi aquele que conseguiu me ajudar a criar o hábito da meditação. Eu já tinha tentado várias vezes no passado, mas nunca tinha funcionado… hoje entendo por que. Eu estava fazendo tudo errado, não entendia o que era meditação, tentava sentar no chão em posição de lótus (minha coluna aguentava 1 minuto daquilo), tentava fazer por uma hora… tudo errado mesmo. Já aqui, no aplicativo, com as animações eu finalmente entendi o que era meditação, comecei sentado confortavelmente em uma cadeira, só 10 minutos… você vai sendo guiado por áudio durante todo o exercício (só em inglês) e os efeitos são fantásticos. Tem vários programas do iniciante até o avançado. Recomendo muito. A meditação é uma forma de eu ter um tempo só meu, um momento íntimo comigo mesmo, é incrível a sensação de colocar-se como prioridade por um instante… Essa parte também inclui minha oração diária.

3) Tempo com a família

A manhã é um ótimo momento para desfrutar com a família… é uma hora que separo para ter alguns instantes especiais com as minhas filhas, com a minha esposa. Com um pouco de esforço é possível transformar essa parte do dia, ainda que seja breve, em momentos especiais onde você fortalece o vínculo familiar. Isso vale especialmente para pais que acabam tendo pouco contato com os filhos. Se você ainda não tem filhos, isso vale para o seu relacionamento afetivo. Se você não mora sozinho, coloque um fone de ouvido e foque no seu desenvolvimento (palestras, youtube, podcast, audiolivros etc.).

4) Café da manhã

Você já percebeu que pessoas que se alimentam bem e fazem exercícios estão sempre bem-dispostas, cheias de energia? E o que acontece quando você vai para o trabalho com toda essa disposição? Você rende muito mais e, por consequência, avança mais rápido profissionalmente! Viu como uma coisa está ligada com a outra? E o café da manhã, para mim, é um dos pilares de uma vida saudável, por isso procuro sempre tomar um belo café da manhã todos os dias. Normalmente é água (ph10) com limão em jejum e uma “Crepioca”, uma receita que aprendi com a minha esposa. É que só misturar um ovo com farinha de tapioca e colocar na frigideira (praticamente sem óleo) e pronto! Fica tipo aquela massa de Crepe Suíço. Saudável, rápido, prático e gostoso… e ainda tem um cafezinho para acompanhar é claro…

5) Planejar o dia

Aqui esteja talvez o mais importante… todas as manhãs, antes de começar a trabalhar, eu dedico um tempo para pegar um papel e planejar me dia. Ali eu defino quais são minhas metas para aquele dia, identifico as prioridades, organizo a minha agenda. Esse é outro hábito que transforma completamente a sua rotina. Se você conseguir ter a disciplina de se frear todos os dias (nem que sejam apenas 5 minutos) antes de trabalhar para planejar o seu dia e aí focar no realmente importa, a mudança vai ser instantânea!

Então, aí está… 5 coisas que eu faço todas as manhãs que me ajudam a ganhar o dia! E você? Tem algo em especial que te ajuda também? Escreva para mim (contato@paulomachado.com).

Um abraço,

Paulo

Gostou? Então, acesse agora: www.paulomachado.com para saber mais.

Segunda-feira de manhã sempre traz consigo um espírito de renascimento – especialmente esta após a Páscoa. É a oportunidade que nós temos de fazer um novo começo para nossas vidas, iniciar um novo ciclo. Então, se é isso que você está buscando hoje, eu vou te ajudar falando 3 Perguntas muito especiais que têm o poder de iniciar uma profunda mudança em sua vida começando agora mesmo.

As perguntas em si são simples, o grande problema é que as pessoas não param para respondê-las – e isso infelizmente acaba custando muito caro lá na frente. Então, o seu principal desafio neste momento é conseguir parar 5 minutos para respondê-las com um pouco mais de profundidade, em vez de simplesmente passar batido por elas e continuar no automatismo do dia a dia, ok?

Se você for capaz de refletir sobre elas um momento, irá perceber por que elas são tão poderosas.

Ah! E uma última coisa antes de eu te falar quais são essas 3 perguntas. Elas só terão efeito se você se der o trabalho de respondê-las no PAPEL, por escrito! Isso faz toda a diferença… respondê-las mentalmente não terá efeito algum. Existe um porquê disso, mas isso eu vou explicar em uma outra ocasião, agora vamos direto a elas!

3 Perguntas que têm o Poder de Mudar sua Vida Agora Mesmo

  1. Qual é a principal coisa que você gostaria de transformar na sua vida neste momento?
  2. O que impede você de chegar lá?
  3. Qual é o primeiro passo?

Pronto! Simples? Pois é… mas a questão não é a complexidade das perguntas e sim conseguir parar um momento em meio à correria quotidiano para respondê-las. Este é o maior desafio.

Isso gera uma segunda discussão que é a seguinte: Por que é tão difícil conseguir parar um instante para refletir melhor sobre a nossa vida? Ou ainda, por que a maioria das pessoas que irão ler este texto NÃO irão se dar o trabalho de responder essas perguntas por escrito se isso é algo tão simples e, ao mesmo tempo, que pode gerar algo tão valioso em suas vidas a partir de agora?

Intrigante, não? Mas essa segunda discussão é assunto para uma outra oportunidade…

Gostou? Então, acesse agora: www.paulomachado.com para saber mais.

Tinha tudo… uma das melhores vozes do rock, fama, dinheiro, mulheres aos seus pés… Mesmo assim, Chris Cornell colocou um ponto final em sua vida aos 52 anos enforcando-se e deixando sua esposa e três filhos. Como explicar?

Conheça a voz dele aqui: https://youtu.be/7QU1nvuxaMA 

“Tudo que tem um preço é barato. Só aquilo que o dinheiro não compra é realmente caro, e quem não adquiri-lo será sempre um miserável, ainda que seja milionário.” (Augusto Cury)

A vida é um jogo interior… É lá que a sua vida acontece. Você pode ter dinheiro e viajar para qualquer lugar do mundo, mas não há como escapar de si mesmo. Todos nós somos prisioneiros da nossa mente, por isso é bom cuidar bem dela.

Desta reflexão, eu procuro entender o “não julgar” que aprendemos, pois nenhum de nós conhece a luta íntima que se passa no interior de cada um. Para quem vê de fora fica fácil decretar uma sentença.

Por isso, se você que está lendo agora está passando por um momento difícil, lembre-se que toda mudança para ser permanente tem que ocorrer primeiro na sua mente. Você pode mudar de casa, emprego, casamento… se não reprogramar sua mente, as mesmas experiências vão continuar se repetindo.

A grande beleza da vida é que podemos, a qualquer instante, alterar nosso destino, passar uma régua no que ficou para trás e começar uma nova história.

Lembre-se, cada dia que passa não é um dia a mais, e sim um dia a menos. Por isso, pare um instante e reflita bem sobre a história que quer escrever no livro da sua vida. Se não fizer isso, você corre um sério risco de chegar à última página e perceber que escreveu a história errada.

Gostou? Então, acesse agora: www.paulomachado.com para saber mais.

Se neste momento as coisas vão mal em sua vida, eu tenho duas hipóteses. A primeira e mais provável é que você está fazendo alguma coisa errada. Se este for o caso, então, nada mais lógico porque vivemos em um mundo de causa e efeito, ação e reação e o resultado da sua vida é consequência natural da forma como vem conduzindo as coisas.

Arrisco dizer inclusive que esta seja a situação da enorme maioria das pessoas. Entretanto, eu falei que havia também uma segunda hipótese, muito mais profunda de se analisar ainda que é a seguinte: você está fazendo as coisas certas e, mesmo assim, tudo continua dando errado. Como explicar uma situação assim? É complexo, mas vou tentar aqui dentro do meu conhecimento limitado…

O nosso crescimento na vida não é uma linha reta, eu prefiro imaginar ele como uma sucessão de ciclos. Se você parar um instante, poderá perceber que os ciclos estão em toda parte. Na economia, na ciência, na arte, na natureza… E, dentre todos os ciclos que existem, há um que acredito ser o mais importante, pois é aquele que permite a existência da vida em nosso planeta: o ciclo das estações.

Então, trazendo esta metáfora para nossa vida, todos nós, sem exceção, iremos passar por alguns “invernos” ao longo da nossa jornada. E, se você está fazendo as coisas certas, se esforçando, dando o seu melhor e, mesmo assim, as coisas continuam dando errado, provavelmente você está passando por um.

O que fazer neste caso, então? Duas coisas…

Primeiro, ter confiança de que, se continuar fazendo o seu melhor, ele eventualmente vai passar… E segundo – e mais importante – é tomar consciência de que os “invernos” também são importantes e têm o seu propósito em nossa vida. Você pode notar que os grandes nomes da humanidade também tiveram seus períodos de escuridão. Aliás, se eles não tivessem passado por eles, jamais teriam conseguido chegar onde chegaram.

São nesses momentos de dificuldade que somos colocados à prova, forjamos nas dificuldades o nosso crescimento, temos a oportunidade de nos tornarmos melhores, romper uma barreira e iniciar um novo ciclo de prosperidade.

Tem um filme que eu achei muito interessante chamado “Divertida Mente”, uma animação da Pixar/Disney. Nele, tem alguns personagens que moram dentro da cabeça de uma adolescente e representam algumas emoções em nosso cérebro sendo que as principais são a Alegria e a Tristeza. Durante todo o filme a Alegria tenta tomar conta porque ela queria que a menina fosse sempre feliz. Mas a grande lição que ela aprende no final – sem estragar aqui a história para quem ainda não assistiu – é que: não podemos eliminar a tristeza, pois ela também exerce um papel fundamental em nossa vida.

Resumindo, então. Se você está passando por um momento difícil, muito provavelmente é porque precisa mudar as coisas dentro de si e ao seu redor. O sofrimento, a dor, a dificuldade muitas vezes são convites a uma transformação. É a vida tentando lhe dizer que uma mudança precisa ser feita.

Por outro lado, lembre-se também da segunda hipótese onde, mesmo fazendo tudo certo, você inevitavelmente irá passar, sim, por alguns “invernos” em sua jornada. Neste caso, recorde-se que nenhum inverno dura para sempre, nenhuma tristeza é permanente. Aguente firme e mantenha-se no bom caminho.

E o que fazer quando você sabe que precisa mudar, tomar novas atitudes, iniciar um novo plano, mas está totalmente sem energia/motivação para gerar essa transformação? Esse é um assunto que nós vamos ver em uma próxima oportunidade…

Gostou? Então, acesse agora: www.paulomachado.com para saber mais.

Quem conhece meu trabalho melhor deve saber que a minha resposta é os dois!

Se você é feliz no que faz, mas não foi capaz ainda de obter um retorno financeiro condizente com o valor que entrega, é seu dever perseguir esse reconhecimento… pois, diferente do que muitos pregam, o dinheiro é sim importante! Achar que “não precisa de dinheiro para ser feliz” é uma baita crença limitante na minha opinião…. E isso não tem nada a ver com ganância…

Se eu te pedir para listar 10 coisas que você gostaria de ter/fazer em sua vida, você logo perceberá que todas envolvem, de uma forma ou de outra, o dinheiro. E mesmo que você seja totalmente desapegado de bens materiais e tenha uma vida minimalista, o dinheiro ainda tem um papel fundamental porque você precisa dele para não ter os graves problemas que a falta de dinheiro causa.

Então, o dinheiro é importante… mas, de que vale o dinheiro se você é completamente infeliz no trabalho? Não há quantia no mundo que valha uma vida de insatisfação profissional onde você é prisioneiro de uma sucessão de dias sem sentido. Infelizmente, muitas pessoas vivem só para trabalhar e esquecem que o trabalho é UMA das áreas da nossa vida. E daí acabam abrindo mão dos seus valores, negligenciando seu casamento, sua família, sua saúde, seu bem-estar etc.

E o pior é que como vivem no modo automático, sem nunca parar para refletir, quando percebem já estão à beira de um divórcio, de um ataque cardíaco etc.

Por isso, os dois são fundamentais e cabe a você balancear essa equação de acordo com vida que quer construir para si.

Então, deixo essa reflexão a você: qual é a sua maior carência/necessidade atualmente: dinheiro ou realização profissional? A partir dessa resposta, analise o que você precisa começar a fazer para “saciar esta sede”.

E, para concluir, seguindo ainda essa linha de raciocínio, aproveito para compartilhar um depoimento que recebi neste feriado de uma pessoa bem especial que teve a iniciativa de buscar o próprio desenvolvimento e, a partir disso, foi capaz de iniciar um novo ciclo de crescimento e transformar sua vida.

São esses depoimentos que me motivam cada vez mais a perseguir a minha missão de “inspirar pessoas a buscarem o melhor de si para construírem uma vida melhor”.

Aqui está:

 

Gostou? Então, acesse agora: www.paulomachado.com para saber mais.

Aqui estão, de maneira bem objetiva, 8 razões (entre muitas outras) pelas quais você deveria investir agora mesmo (não é amanhã, não é semana que vem, é já!) no seu próprio desenvolvimento.

1)     O tempo passa…

Se você não tomar uma atitude agora, os anos passarão em um piscar de olhos e você não vai nem perceber. Quando se der conta, lá se foram mais 10 anos e você continua levando a mesma vida, fazendo as mesmas coisas… – e com um detalhe importante: 10 anos mais velho.

2)     É o único caminho

Todas as pessoas bem-sucedidas – e digo todas mesmo – tomaram, em algum ponto, a iniciativa de buscar o próprio desenvolvimento. Isso porque ninguém chega ao sucesso sendo uma versão mediana de si mesmo. Somente extraindo o seu potencial você será capaz de grandes realizações.

3)     As coisas não “acontecem”

O grande problema é que a maioria das pessoas nunca inicia esse processo. Elas ficam esperando que alguma coisa “aconteça”, mas como bem disse o Presidente Kennedy: “As coisas não acontecem. Somos nós que fazemos elas acontecerem.”. Se deixar para agir amanhã, esse amanhã nunca chegará.

4)     A educação da vida não é suficiente

Se você acha que aquilo que você aprende com a universidade, a empresa etc. é suficiente, sinto lhe informar, mas isso coloca você apenas na média – e se fizer bem feito ainda! A diferença está no que você faz além da média. Então, é você quem deve ir atrás do próprio desenvolvimento, pois ele não vai vir até você.

5)     Qualidade de Vida

Existe uma relação direta entre o seu nível de desenvolvimento e a sua qualidade de vida. Quanto mais você se desenvolve, melhor a sua vida vai ficando. É natural… Como pode esperar ter uma vida nota 9 ou 10 quando investe só 2 ou 3 em si. Quer saber a sua nota? É só se perguntar: “o quanto estou disposto a investir para me tornar uma pessoa melhor?”.

6)     Melhor investimento que você pode fazer

Pare um instante e analise o quanto você gasta com “coisas” todos os meses. Agora compare isso com quanto você investe no seu desenvolvimento. Pessoas de sucesso investem alto em si mesmas porque sabem que este é o melhor de todos os investimentos. Quanto mais você investe em si, mais prosperidade você tem na sua vida.

7)     A felicidade está no progresso

Na natureza o que não está crescendo, está morrendo. Não importa aonde você esteja, se estiver no mesmo lugar há algum tempo, vai começar a se sentir infeliz. Por mais que ganhe 100 mil reais por mês fazendo o que ama etc. A estagnação sempre gera um vazio, pois todos nós temos a necessidade/obrigação de continuar crescendo

8)     Motivação e bem-estar

Como você acorda segunda-feira de manhã, diante da semana que lhe espera? Esse é um bom termômetro para ver como vai sua vida… Se você acorda saltitando, vai dormir e não vê a hora de começar a semana é porque está vivendo uma vida com propósito, avançando em direção de algo que faz sentido para você. Por outro lado, se para você é o contrário, a única coisa que vai mudar a situação é você parar um momento, definir um rumo e caminhar com foco em direção à vida que você quer construir para si.

Investir em si mesmo, isso sim muda a vida ao seu redor.

Para concluir, deixo uma famosa frase de Jim Rohn que resume todo texto:

“O sucesso não é algo que você persegue. O sucesso é algo que você atrai pela pessoa que você se torna.”

Gostou? Então, acesse agora: www.paulomachado.com para saber mais.

 

“Mindset”. Eis uma palavra poderosa… E o que ela realmente significa? Eu gosto de pensar em Mindset como a “forma como você programa a sua mente para pensar”.

E por que esta palavra é tão poderosa? Porque tudo em sua vida, todos os resultados que você obtém nascem em seu Mindset. É a partir dele que tudo é construído. Seu sucesso profissional, seu casamento, sua saúde, sua prosperidade…

Basta observar que o Mindset de pessoas de sucesso é drasticamente diferente daquele de pessoas frustradas.

Quer ver só?

Pense em uma pessoa que você considera uma pessoa de sucesso. Agora, pense em uma pessoa para quem nada dá certo e está sempre reclamando. Perceba como as duas têm uma maneira muito diferente de pensar, de enxergar as coisas e também um conjunto muito diferente de crenças sobre a vida e sobre si mesmas.

O Bispo americano TD Jakes dizia:

“Não há nada mais poderoso que uma mudança em sua mente”.

Você pode mudar seu emprego, sua esposa, sua cidade… mas se não mudar sua mente, as mesmas experiências, os mesmos sentimentos irão ficar se repetindo.

Por isso, toda mudança, toda nova jornada, começa primeiro na sua mente. É lá que a sua vida acontece. Mas, até que ponto você controla a sua mente e até que ponto é ela que controla você?

O Dr. Sam Harriss, Ph.D., famoso (e polêmico) neurocientista dos EUA afirma que não temos o “livre-arbítrio” que acreditamos ter. Nossos pensamentos, desejos, medos são, na maior parte do tempo, involuntários. Em outras palavras, não podemos escolher livremente os se passa em nossa mente, pois somos bombardeados constantemente por uma série de pensamentos sobre a qual não temos nenhum controle.

Falar de livre-arbítrio é algo delicado e profundamente complexo. O objetivo aqui não é entrar nesse debate. Mas o fato é que Sam Harriss certamente tem alguma razão. Somos prisioneiros daquilo que nosso cérebro nos faz pensar.

E aqui está o cerne da questão. Da onde nascem os seus pensamentos?

A partir do seu Mindset, da forma como sua mente está programada.

Essa programação pode ser feita de duas formas: inconsciente (criada de modo reativo de acordo com suas experiências) ou consciente (esculpida de acordo com uma visão).

Então, se você realmente quer mudar a sua vida, de uma maneira verdadeira e permanente, essa mudança deve começar no seu Mindset. Quer buscar sucesso na carreira, ganhar mais dinheiro, encontrar o companheiro ideal, ter um corpo mais saudável… então, você precisa, primeiro, reprogramar a sua mente.

Mas, para isso, você precisa antes compreender que seu Mindset é formado por um conjunto de crenças que você carrega sobre si mesmo e sobre a vida (por exemplo, a crença sobre o quanto acredita ser capaz de realizar). Alterando-se esse conjunto de crenças, você altera também o seu Mindset.

Aqui está uma ferramenta poderosa que utilizo no meu Programa de Coaching e que você pode fazer agora mesmo. Aliás, eu encorajo fortemente que você faça agora mesmo…

Responda em detalhes e por escrito a seguinte pergunta: “O que é ter sucesso para você?”. Lembre-se, é importante que seja por escrito e em detalhes. Só no pensamento não irá funcionar. Pense que não há limites. Como é a vida dos seus sonhos?

Tente ser o mais específico possível: como é a sua vida ideal, o seu trabalho ideal, a sua família ideal, a sua rotina ideal, o seu corpo ideal, o seu casamento ideal, o seu rendimento ideal etc.

Dê sempre preferência para lápis e papel e não no computador.

Feito isso, compartilhe o que escreveu. Normalmente, no Programa, a pessoa compartilha comigo, mas pode ser também alguém de sua confiança.

O grande valor deste exercício é que, com ele, você terá na hora mais clareza sobre o seu Mindset e sobre quais crenças precisa rever para alterá-lo.

Eu sei que sozinho não é fácil, por isso o Coaching ajuda bastante nessas horas, mas o fato é, se não conseguir reprogramar seu Mindset, todas as mudanças em sua vida serão passageiras… e todo o investimento de tempo, esforço e dinheiro para mudar serão em vão.

Não invista energia em estratégias que nunca darão certo. Lembre-se, a mudança deve acontecer primeiro na mente.

Gostou? Então, acesse agora: www.paulomachado.com para saber mais.

 

Em determinado momento da minha vida, eu cheguei a um patamar onde estava bem financeiramente, digamos o suficiente para proporcionar uma vida razoavelmente segura e confortável para minha família.

Então, a partir daquele ponto, eu decidi que não iria querer ganhar mais dinheiro do que já ganhava, pois, para isso, eu teria que me dedicar mais ao trabalho e consequentemente menos à família.

Isso feria os meus valores, pois, para mim, a família sempre foi o meu maior tesouro, aquilo que eu julgo ter de mais precioso, então, não poderia deixar o trabalho invadir esse espaço.

Lembro que na época, vinham-me flashes daqueles executivos de São Paulo trabalhando 14 horas por dia, imagens de casamentos ruídos, de pais arrependidos que não viram seus filhos crescerem… e isso me assustava. Eu tinha clareza de que essa não era a vida que eu queria ter.

Orgulhoso, então, da minha decisão de ter colocado a família em primeiro lugar, eu nem percebi que estava caindo em uma grande cilada, provavelmente a maior armadilha para o crescimento de qualquer pessoa.

Quando decidi adotar aquela postura, eu criei uma barreira artificial e ilusória que na hora limitou o meu crescimento. Eu criei uma Crença Limitante.

Mas a decisão não foi nobre? Foi sim. E é aí que mora o perigo. Muitas vezes a Crença Limitante vem disfarçada de algo nobre. No meu caso, foi colocar a família acima do trabalho. E a propósito, a família é sim mais importante que o trabalho para mim, mas a questão não é essa…

Eu percebi isso quando um Coach nos Estados Unidos me perguntou: “Paulo, e onde está escrito que para você ganhar mais dinheiro você precisa se dedicar menos a sua família?”. Na hora, eu fiquei sem reação. Como pode uma simples pergunta quebrar instantaneamente uma crença que eu carregava?

E essa é a boa notícia… o seu maior sabotador, o seu pior inimigo, aquele que mais impede que você cresça, pode ser destruído em um único instante.

A partir do momento que eu me livrei dessa crença eu não só passei a ganhar mais como também hoje posso dar ainda mais atenção a minha família do que na época.

Como isso aconteceu? De repente, novas oportunidades surgiram do dia para a noite? Não, elas já estavam lá, ao meu alcance, mas, por ter sido cegado pela minha própria Crença Limitante, eu era incapaz de enxergá-las.

Isso acontece porque o cérebro só visualiza as coisas nas quais você concentra seu foco. Todo o resto é ignorado deliberadamente. Por isso foi necessário um estímulo externo (o Coach nos EUA) para quebrar essa crença, pois esse é o tipo de coisa que você não para para se questionar no dia a dia.

A partir daquele estímulo, eu comecei a me fazer perguntas mais inteligentes. Em vez de pensar: “Mais dinheiro = menos família”, eu pensei: “Como posso ganhar mais dinheiro e ainda me dedicar mais à família?”

Com as novas perguntas, meu cérebro foi obrigado a fornecer novas respostas e as coisas foram aparecendo…

É claro que dificilmente você vai conseguir criar uma empresa de sucesso ou chegar longe na carreira trabalhando das 9 às 17. Mas o ponto aqui é que, livrando-se das suas Crenças Limitantes, você começará a enxergar maneiras mais inteligentes para equilibrar as coisas e chegar aonde você quer.

Quer ver outros exemplos?

  • “Meu marido é meu carma, é missão ajudá-lo, pois ele precisa de mim.”
  • “Quando eu … (me casar, me aposentar, mudar de carreira etc.), serei feliz.”
  • “Não tenho tempo para … (mim, cuidar da saúde, ler, namorar etc.).

Perceba como estas crenças aprisionam as pessoas – muitas vezes durante uma vida inteira – tornando-as impotentes para agir e condenando-as a um destino infeliz.

Por isso, eu gostaria de convidar você a aproveitar esta oportunidade, o estímulo externo que estou lhe oferecendo, para fazer a seguinte reflexão: “Qual Crença Limitante venho carregando que está impedindo meu crescimento?”.

Se você gosta de pensar estrategicamente, pense com a lógica neste instante. Qual é o pior que pode acontecer se você parar agora 5 minutos para pensar seriamente sobre isso? Você terá perdido 5 minutos que provavelmente seriam gastos no Facebook de qualquer maneira. Em contrapartida, qual é o ganho em potencial da oferta, mesmo que você acredite que a chance seja pequena (e ela não é!)? Quebrar uma ilusão capaz de transformar sua vida e livrá-lo de um destino infeliz? Qual é o preço disso? Tendo lido até aqui, não seria um grande erro deixar passar esta oportunidade?

“Daqui a um ano você vai desejar ter começado hoje.” (Karen Lamb)

Gostou? Então, acesse agora: www.paulomachado.com para saber mais.

 

Eis um famoso discurso do Presidente Kennedy proferido em 12 de setembro de 1962. Ele poderia apenas ter anunciado que os EUA estavam preparando a Missão para a Lua, mas, ao invés disso, eis abaixo o que ele falou, ou melhor, “como” ele falou. Repare que a forma como você conta ou anuncia algo faz toda a diferença.

“Nós enviaremos para a lua, a 380 mil quilômetros de distância do nosso centro de controle em Huston, um foguete gigante, do tamanho deste campo de futebol, feito de novos materiais alguns dos quais ainda não foram inventados, capazes de aguentar um calor maior do que qualquer outra coisa já suportou, montado com a precisão dos melhores relógios, carregando todo o equipamento necessário para: propulsão, navegação, controle, comunicação, alimentação e sobrevivência, em uma missão nunca antes tentada para um corpo celestial desconhecido. Tudo isso para depois retornar em segurança para a Terra, reentrando na atmosfera a uma velocidade de 40 mil quilômetros por hora, causando um calor equivalente à metade do calor do sol… E fazer tudo isso certo! Precisaremos ser ousados, mas isso será feito! E será feito antes do final desta década…”

Vídeo do discurso completo: https://www.youtube.com/watch?v=zTjQouSkRXo

Gostou? Então, acesse agora: www.paulomachado.com para saber mais.

 

Para ouvir o áudio, acesse: https://soundcloud.com/paulo-machado-11/a-importancia-de-ter-clareza

Gostou? Então, acesse agora: www.paulomachado.com para saber mais.

Este título é uma grande promessa, não é? Mas continue lendo que logo tudo fará sentido.

Em primeiro lugar, é importante que se faça uma distinção importante entre propósito e missão de vida. Muitas pessoas acabam confundindo as duas coisas.

O propósito de vida pode ser considerado igual para todas as pessoas: “Tornar-se a melhor versão de si mesmo, explorar seu verdadeiro potencial, buscar se transformar uma pessoa melhor todos os dias”. Quando você estiver nesta sintonia, automaticamente você será tomado por uma série de sentimentos e emoções positivas como: alegria, realização, motivação, gratidão, etc.

Isso fará com que as coisas “comecem a acontecer na sua vida”. Seus relacionamentos melhoram, você se sente mais motivado, trabalha melhor, atrai oportunidades, dinheiro etc. Parece que o mundo a sua volta mudou, mas na verdade o que mudou foram as lentes pelas quais você o estava enxergando.

Somente quando você tiver atingido esta elevada sintonia, aí sim virá o próximo passo que é descobrir qual é a sua missão nesta vida? O que você nasceu para fazer? Como dizem, a felicidade não é um destino, mas um caminho. É quando você avança no cumprimento da sua missão que se sente feliz e realizado.

Se por ventura você está se sentindo vazio, sem ânimo, sem motivação para fazer as coisas neste momento é porque não está no caminho do seu crescimento/desenvolvimento pessoal. Retome o seu rumo e automaticamente as coisas irão melhorar. Às vezes, a situação pode ser mais séria e você irá necessitar de ajuda alheia. Tony Robbins distingue tristeza e depressão da seguinte forma: na depressão, além de você estar triste, vazio, você sente que é incapaz de mudar a situação, que não há saída ou cura, por isso o auxílio externo é essencial.

Mas retomando a questão da missão… pense em uma lâmpada elétrica. Ela sozinha não tem o poder de acender. É preciso que ela esteja conectada a uma fonte de energia. Da mesma forma, você também precisa estar ligado a algo maior. Esse algo maior é o seu propósito, a sua busca por desenvolver todo este potencial latente que existe em si.

E como fazer isso em 5 segundos? Pergunte-se nos momentos de dúvidas ou dificuldades: “O que a melhor versão de mim mesmo faria nesta situação?”. Leve esta pergunta consigo e a utilize sempre que precisar, isso poderá fazer toda a diferença em sua vida!

Gostou? Então, acesse agora: www.paulomachado.com para saber mais.