Em uma entrevista que ouvi recentemente, o apresentador estava conversando com o convidado sobre veganismo entre outras coisas quando surgiu uma questão intrigante…
Eu pressuponho que – e me corrijam por favor se eu estiver errado – o principal motivo de uma pessoa se tornar vegana seja a oposição a um processo cruel de exploração e abate dos animais, certo?

Inclusive, citaram que nos EUA existem leis que proíbem mostrar publicamente o que realmente ocorre com eles porque poderia chocar de uma tal maneira a população a ponto de gerar um grave problema econômico.
Mas a questão intrigante foi a seguinte:
Vamos supor que você (vegano) morasse em uma pequena chácara urbana onde tivesse espaço para ter algumas galinhas e uma vaca. Elas são extremamente bem tratadas por você desde que nasceram. Nesse caso, você teria algum conflito moral em:
a) Comer os ovos que a galinha choca naturalmente?
b) Tomar o leite da vaca que o possui em abundância?
Aprofundando ainda mais.
Se uma galinha morresse de causas naturais, você teria algum peso na consciência ao comer sua carne? E se fosse a vaca?
Provavelmente hoje você nem tenha vontade de comer essas coisas, mas analisando somente do ponto de vista moral, você teria algum conflito em consumir esses alimentos?
Se o principal motivo da decisão de se tornar vegano é a crueldade com os animais, uma vez que não existisse mais esta crueldade, isso mudaria as coisas?
E você que não é vegano, mas é vegetariano? Passaria a consumir carne sob essas circunstâncias?
Para concluir, saibam que esses questionamentos são permeados de enorme respeito a todos os veganos e vegetarianos. Eu não sou nem um e nem outro, mas admiro pessoas capazes de tomar uma decisão assim para viver de acordo com seus valores.
Se quiser aprofundar a discussão, compartilhe com seus amigos…

Gostou? Então, acesse agora: www.paulomachado.com para saber mais.