Posts

Segunda-feira de manhã sempre traz consigo um espírito de renascimento – especialmente esta após a Páscoa. É a oportunidade que nós temos de fazer um novo começo para nossas vidas, iniciar um novo ciclo. Então, se é isso que você está buscando hoje, eu vou te ajudar falando 3 Perguntas muito especiais que têm o poder de iniciar uma profunda mudança em sua vida começando agora mesmo.
As perguntas em si são simples, o grande problema é que as pessoas não param para respondê-las – e isso infelizmente acaba custando muito caro lá na frente. Então, o seu principal desafio neste momento é conseguir parar 5 minutos para respondê-las com um pouco mais de profundidade, em vez de simplesmente passar batido por elas e continuar no automatismo do dia a dia, ok?
Se você for capaz de refletir sobre elas um momento, irá perceber por que elas são tão poderosas.
Ah! E uma última coisa antes de eu te falar quais são essas 3 perguntas. Elas só terão efeito se você se der o trabalho de respondê-las no PAPEL, por escrito! Isso faz toda a diferença… respondê-las mentalmente não terá efeito algum. Existe um porquê disso, mas isso eu vou explicar em uma outra ocasião, agora vamos direto a elas!

3 Perguntas que têm o Poder de Mudar sua Vida Agora Mesmo

  1. Qual é a principal coisa que você gostaria de transformar na sua vida neste momento?
  2. O que impede você de chegar lá?
  3. Qual é o primeiro passo?

Pronto! Simples? Pois é… mas a questão não é a complexidade das perguntas e sim conseguir parar um momento em meio à correria quotidiano para respondê-las. Este é o maior desafio.
Isso gera uma segunda discussão que é a seguinte: Por que é tão difícil conseguir parar um instante para refletir melhor sobre a nossa vida? Ou ainda, por que a maioria das pessoas que irão ler este texto NÃO irão se dar o trabalho de responder essas perguntas por escrito se isso é algo tão simples e, ao mesmo tempo, que pode gerar algo tão valioso em suas vidas a partir de agora?
Intrigante, não? Mas essa segunda discussão é assunto para uma outra oportunidade…

Gostou? Então, acesse agora: www.paulomachado.com para saber mais.

Hoje eu quero compartilhar com você 5 coisas que eu faço todas as manhãs que me ajudam a começar bem meu dia. São dicas práticas e você pode começar todas elas amanhã mesmo se quiser.
Mas, antes de eu te falar, é importante você entender por que é tão importante ter alguns rituais matinais e como isso afeta drasticamente a sua vida.
No livro “O Milagre da Manhã”, de Hal Elrod, o autor escreve que a chave para melhorar sua vida está naquilo que você faz antes das 8h00 da manhã. Como você acorda todos os dias e a sua rotina matinal (ou a falta dela) afeta dramaticamente o nível de sucesso nas diferentes áreas da sua vida. Se você aperta o botão “soneca” 5 vezes no despertador, levanta atrasado, engole um café quente e sai correndo para trabalhar, você já programou que seu dia será ruim. Se isso já se tornou um hábito, não é de se espantar se a sua vida estiver uma bagunça.

Por outro lado, se você for capaz de criar um conjunto de rituais saudáveis e produtivos nos primeiros 90 minutos do seu dia, a mudança vai ser drástica na sua vida.
Então, aqui estão as 5 coisas que eu faço todos os dias que talvez possam ajudar você…

1) Ler

Essa é a primeira coisa que faço no meu dia. Isso mostra o quanto a leitura é importante para mim. Além disso, como é logo cedo, antes de todos os compromissos do dia, eu acabo nunca deixando de ler. Ao longo prazo, é impressionante o resultado deste hábito. É algo que te transforma completamente. Além disso, com o tempo, eu aprendi também a otimizar minha leitura, escolher os melhores livros, melhorar minha velocidade e retenção… Atualmente leio 90% das vezes no Kindle e já me acostumei perfeitamente. Hoje, inclusive prefiro o Kindle ao papel. Pequeno, portátil, tem o dicionário embutido, eu toco uma palavra e aparece na hora o significado, a bateria dura semanas, tenho virtualmente qualquer livro do mundo a um toque de distância etc. É maravilhoso…

2) Meditar

A segunda coisa que eu faço é meditar… uso um aplicativo chamado HeadSpace que foi aquele que conseguiu me ajudar a criar o hábito da meditação. Eu já tinha tentado várias vezes no passado, mas nunca tinha funcionado… hoje entendo por que. Eu estava fazendo tudo errado, não entendia o que era meditação, tentava sentar no chão em posição de lótus (minha coluna aguentava 1 minuto daquilo), tentava fazer por uma hora… tudo errado mesmo. Já aqui, no aplicativo, com as animações eu finalmente entendi o que era meditação, comecei sentado confortavelmente em uma cadeira, só 10 minutos… você vai sendo guiado por áudio durante todo o exercício (só em inglês) e os efeitos são fantásticos. Tem vários programas do iniciante até o avançado. Recomendo muito. A meditação é uma forma de eu ter um tempo só meu, um momento íntimo comigo mesmo, é incrível a sensação de colocar-se como prioridade por um instante… Essa parte também inclui minha oração diária.

3) Tempo com a família

A manhã é um ótimo momento para desfrutar com a família… é uma hora que separo para ter alguns instantes especiais com as minhas filhas, com a minha esposa. Com um pouco de esforço é possível transformar essa parte do dia, ainda que seja breve, em momentos especiais onde você fortalece o vínculo familiar. Isso vale especialmente para pais que acabam tendo pouco contato com os filhos. Se você ainda não tem filhos, isso vale para o seu relacionamento afetivo. Se você não mora sozinho, coloque um fone de ouvido e foque no seu desenvolvimento (palestras, youtube, podcast, audiolivros etc.).

4) Café da manhã

Você já percebeu que pessoas que se alimentam bem e fazem exercícios estão sempre bem-dispostas, cheias de energia? E o que acontece quando você vai para o trabalho com toda essa disposição? Você rende muito mais e, por consequência, avança mais rápido profissionalmente! Viu como uma coisa está ligada com a outra? E o café da manhã, para mim, é um dos pilares de uma vida saudável, por isso procuro sempre tomar um belo café da manhã todos os dias. Normalmente é água (ph10) com limão em jejum e uma “Crepioca”, uma receita que aprendi com a minha esposa. É que só misturar um ovo com farinha de tapioca e colocar na frigideira (praticamente sem óleo) e pronto! Fica tipo aquela massa de Crepe Suíço. Saudável, rápido, prático e gostoso… e ainda tem um cafezinho para acompanhar é claro…

5) Planejar o dia

Aqui esteja talvez o mais importante… todas as manhãs, antes de começar a trabalhar, eu dedico um tempo para pegar um papel e planejar me dia. Ali eu defino quais são minhas metas para aquele dia, identifico as prioridades, organizo a minha agenda. Esse é outro hábito que transforma completamente a sua rotina. Se você conseguir ter a disciplina de se frear todos os dias (nem que sejam apenas 5 minutos) antes de trabalhar para planejar o seu dia e aí focar no realmente importa, a mudança vai ser instantânea!
Então, aí está… 5 coisas que eu faço todas as manhãs que me ajudam a ganhar o dia! E você? Tem algo em especial que te ajuda também? Escreva para mim (contato@paulomachado.com).
Um abraço,
Paulo

Gostou? Então, acesse agora: www.paulomachado.com para saber mais.

“O Segredo” funciona? Trata-se de um documentário/livro que vendeu 19 milhões de exemplares, é cultuado por muitas pessoas e criticado por muitas outras que afirmam se tratar de uma auto-ajuda barata.

Basicamente, é a filosofia de que você atrai aquilo que você pensa e neste vídeo você vai conhecer a minha opinião a respeito do famoso “The Secret”…

Conheça também o Programa de Coaching Online  |  Voltar para Home

Se neste momento as coisas vão mal em sua vida, eu tenho duas hipóteses. A primeira e mais provável é que você está fazendo alguma coisa errada. Se este for o caso, então, nada mais lógico porque vivemos em um mundo de causa e efeito, ação e reação e o resultado da sua vida é consequência natural da forma como vem conduzindo as coisas.

Arrisco dizer inclusive que esta seja a situação da enorme maioria das pessoas. Entretanto, eu falei que havia também uma segunda hipótese, muito mais profunda de se analisar ainda que é a seguinte: você está fazendo as coisas certas e, mesmo assim, tudo continua dando errado. Como explicar uma situação assim? É complexo, mas vou tentar aqui dentro do meu conhecimento limitado…

O nosso crescimento na vida não é uma linha reta, eu prefiro imaginar ele como uma sucessão de ciclos. Se você parar um instante, poderá perceber que os ciclos estão em toda parte. Na economia, na ciência, na arte, na natureza… E, dentre todos os ciclos que existem, há um que acredito ser o mais importante, pois é aquele que permite a existência da vida em nosso planeta: o ciclo das estações.

Então, trazendo esta metáfora para nossa vida, todos nós, sem exceção, iremos passar por alguns “invernos” ao longo da nossa jornada. E, se você está fazendo as coisas certas, se esforçando, dando o seu melhor e, mesmo assim, as coisas continuam dando errado, provavelmente você está passando por um.

O que fazer neste caso, então? Duas coisas…

Primeiro, ter confiança de que, se continuar fazendo o seu melhor, ele eventualmente vai passar… E segundo – e mais importante – é tomar consciência de que os “invernos” também são importantes e têm o seu propósito em nossa vida. Você pode notar que os grandes nomes da humanidade também tiveram seus períodos de escuridão. Aliás, se eles não tivessem passado por eles, jamais teriam conseguido chegar onde chegaram.

São nesses momentos de dificuldade que somos colocados à prova, forjamos nas dificuldades o nosso crescimento, temos a oportunidade de nos tornarmos melhores, romper uma barreira e iniciar um novo ciclo de prosperidade.

Tem um filme que eu achei muito interessante chamado “Divertida Mente”, uma animação da Pixar/Disney. Nele, tem alguns personagens que moram dentro da cabeça de uma adolescente e representam algumas emoções em nosso cérebro sendo que as principais são a Alegria e a Tristeza. Durante todo o filme a Alegria tenta tomar conta porque ela queria que a menina fosse sempre feliz. Mas a grande lição que ela aprende no final – sem estragar aqui a história para quem ainda não assistiu – é que: não podemos eliminar a tristeza, pois ela também exerce um papel fundamental em nossa vida.

Resumindo, então. Se você está passando por um momento difícil, muito provavelmente é porque precisa mudar as coisas dentro de si e ao seu redor. O sofrimento, a dor, a dificuldade muitas vezes são convites a uma transformação. É a vida tentando lhe dizer que uma mudança precisa ser feita.

Por outro lado, lembre-se também da segunda hipótese onde, mesmo fazendo tudo certo, você inevitavelmente irá passar, sim, por alguns “invernos” em sua jornada. Neste caso, recorde-se que nenhum inverno dura para sempre, nenhuma tristeza é permanente. Aguente firme e mantenha-se no bom caminho.

E o que fazer quando você sabe que precisa mudar, tomar novas atitudes, iniciar um novo plano, mas está totalmente sem energia/motivação para gerar essa transformação? Esse é um assunto que nós vamos ver em uma próxima oportunidade…

Atualizado: Aqui está o vídeo com a continuação:

 

Conheça também o Programa de Coaching Online  |  Voltar para Home

Por que trabalhamos tanto?

Infelizmente, este é o motivo pelo qual muitas pessoas se tornam prisioneiras de uma vida profissional deprimente. Para mim, as coisas mais importantes da vida são acessíveis a qualquer pessoa. Um abraço carinhoso de um filho, uma boa noite de sono, uma leitura edificante etc. Rico é aquele que consegue enxergar o verdadeiro valor e desfrutar de tudo isso.

“Se vives de acordo com as leis da natureza, nunca serás pobre; se vives de acordo com as opiniões alheias, nunca serás rico”. (Sêneca)

Sorte

Sorte não é algo externo ou ligado ao acaso, e sim, um acontecimento gerado por nós mesmos, a partir da criação de certas circunstâncias. Além disso, ela é passageira e, portanto, insuficiente para promover por si só o sucesso.

“Sorte nada mais é do que o encontro do preparo com a oportunidade”. Preocupemo-nos, então, mais com nossos hábitos e atitudes, eles sim serão determinantes em nossa caminhada.

Leitura

Se você ler apenas 10 páginas por dia, terá lido, ao longo de um ano, cerca de 20 livros – 10 vezes a mais do que a média brasileira. Portanto, o problema de quem não lê não está na falta de tempo, mas de disciplina.

Caso você ainda não possua este costume, procure boas recomendações e comece devagar, pois o importante não é a quantidade, mas a consistência. Quem lê desenvolve o senso crítico, aumenta a compressão do mundo e está em constante processo de aprendizagem.

Resiliência

Resiliência é a capacidade de resistir à pressão de situações adversas; enfrentar problemas sem deixar-se abater. Comum a todos aqueles que realizam grandes obras, trata-se de uma qualidade valiosa, mas cujo caminho para sua conquista é bastante tortuoso.

Todos, sem exceção, têm problemas. A diferença está na maneira pela qual as pessoas lidam com eles. A maioria apenas se lamenta e enxerga as adversidades como injustiças, punições, enquanto aqueles que exercitam a resiliência procuram encará-las como lições, oportunidades de crescimento, e evoluem através delas.

Sucesso II

Para uns, sucesso profissional é sinônimo de poder, dinheiro e status. Mas, não creio que isso preenche plenamente, pois estas são fontes onde quanto mais se bebe, mais se tem sede.

Para mim, sucesso é descobrir aquilo que verdadeiramente nos realiza para podermos nos dedicar àquilo que amamos fazer, pois não há recompensa que pague o preço de uma vida refém de um trabalho que não dá prazer.

Falhar

Sucesso nada tem a ver com ausência de falhas. O erro não está em cair várias vezes, mas em recusar-se a se levantar. O trecho abaixo é da maior lenda do basquete de todos os tempos, Michael Jordan:

“Errei mais de 9.000 lances na minha carreira. Perdi quase 300 jogos. Vinte e seis vezes fui confiado para fazer o arremesso da vitória e falhei. Eu falhei muitas e muitas vezes na minha vida. E foi justamente por isso que eu obtive sucesso.”

Michael Jordan em peça publicitária da Nike

Tempo

“O tempo é a única riqueza distribuída igualmente por todos os homens: a cada um são dadas exatamente 24 horas em cada dia que passa”.

(Saint-John Perse)

Portanto, tempo é uma questão de prioridade. Quando você diz que não tem tempo para alguém ou para algo, está simplesmente dizendo que aquilo não faz parte das suas prioridades.

Logo, dizer que “não tem tempo para ficar com minha família, para ler, para a academia, para estudar etc.” é incorreto por definição.

Produtividade

Segundo a OIT (Organização Internacional do Trabalho), um trabalhador norueguês rende US$ 38 por hora de trabalho. No Brasil, essa taxa não chega a US$ 8. Ou seja, apesar do brasileiro trabalhar mais horas que o norueguês durante o ano, sua produtividade é enormemente mais baixa.

Portanto, ao invés de se concentrar em quantas horas você trabalha, preocupe-se mais com o quanto você produz.

Autoconhecimento

Invista em autoconhecimento. Pode parecer óbvio, mas encontrar o que nos motiva é uma tarefa difícil. Não é algo que você consiga tomando uma decisão ou lendo um livro. Leva anos e anos. Você tem que passar por diversas experiências para descobrir no que é bom, do que gosta de fazer, do que não suporta etc.

Abaixo está o meu trecho favorito de “Alice no País das Maravilhas”, de Lewis Carroll.

Alice pergunta ao gato: “Para onde vai essa estrada?”. Ele responde com outra pergunta: “Para onde você quer ir?” Alice: “Eu não sei, estou perdida.” O gato, então, diz assim: “Para quem não sabe para onde vai, qualquer caminho serve.”

Nossa pequenez

Somos um entre 7 bilhões de seres humanos que representam apenas uma dentre 3 milhões de espécies na Terra que por sua vez é um dos 9 planetas que orbitam o Sol, esta pequena estrela que, junto a outras 100 bilhões, formam a Via Láctea, uma das 200 bilhões de galáxias que existem em nosso universo.”

“E ainda por cima existem pessoas que se julgam superiores e pensam que tudo isso foi feito foi feito só para que elas existissem, por causa da cor, da religião, do dinheiro, do lugar que nasceu, do cargo etc.”

Prof. Mário Sérgio Cortella

O cego e o executivo

Um cego mendigava sem muito sucesso em Paris quando eis que se aproxima um executivo, escreve algo em seu cartaz e vai embora. Como em um passe de mágica, as moedas começam a cair em seu chapéu.

No final da tarde, o cego sente a presença do mesmo homem e pergunta o que ele havia feito em seu cartaz. O executivo responde que simplesmente havia trocado o texto de: “Sou cego, por favor me ajude” para “Hoje é primavera em Paris, mas eu… não posso vê-la”.

Fábula Publicitária

O nome das pessoas

O som mais importante do mundo para uma pessoa é o seu próprio nome. Certa vez, eu perguntei à faxineira de uma empresa como ela se chamava e, para minha surpresa, ela respondeu emocionada que, em dois anos trabalhando ali, era a primeira vez que ela ouvia aquela pergunta.

Procure criar este hábito e verá como você não apenas será mais bem recebido, mas deixará uma marca nas pessoas.

Ética

Ética é o conjunto de valores e princípios que usamos para responder a três grandes questões da vida: (1) quero, (2) devo, (3) posso?

Nem tudo que eu quero eu posso; nem tudo que eu posso eu devo; e nem tudo que eu devo eu quero. Você tem paz de espírito quando aquilo que você quer é ao mesmo tempo o que você pode e o que você deve.

Prof. Mário Sérgio Cortella

Escada Rolante

Muitos imaginam que o mundo dos negócios é como uma escada. Mas, se fosse assim, seria fácil, pois, se você não se mexesse, permaneceria no mesmo lugar.

Ocorre que ele se parece muito mais com uma escada rolante que está descendo enquanto você quer subir. Portanto, não existe zona de conforto. Mesmo se você ou a sua empresa não tiverem a ambição de crescer, devem estar em constante movimento para não serem levados rapidamente ao chão.

Sabedoria inútil

Passamos incontáveis horas na escola aprendendo uma porção de coisas que nunca terão utilidade em nossas vidas ao passo que habilidades essenciais como lidar com pessoas, comunicar-se bem, gerenciar finanças etc. não são ensinadas.

Por isso, na vida profissional, é nosso dever estar sempre nos provocando para saber se o tempo que estamos investindo em nosso conhecimento está de fato nos tornando mais sábios.

“Sábio não é aquele que sabe muitas coisas, mas aquele que sabe coisas úteis.”

(Ésquilo)

Cansaço e Estresse

Cansaço é o resultado de um esforço intenso. Por exemplo, jogar futebol durante uma hora cansa. Neste caso, a solução é simples e óbvia, basta repousar.

Já o estresse resulta de um esforço sem sentido. “Por que é que eu estou fazendo isso?” Lidar com o estresse é algo mais complicado pois envolve uma reflexão sobre as causas desta insatisfação. Para curá-lo, não basta descansar, é necessário rever e mudar seus objetivos.

Prof. Mário Sérgio Cortella

Desafio de Disciplina

Pensem em algo que sabem que iria lhes fazer bem, mas que, por falta de disciplina, não têm conseguido colocar em prática, e estabeleçam uma meta com o tempo que irão se dedicar a esta tarefa diariamente – só por esta semana.

Pode ser desde um serviço voluntário, um novo projeto para a empresa, até coisas mais cotidianas como ler um livro, passar mais tempo com os filhos, praticar exercícios, começar uma dieta, rezar, escrever etc. Ao final desta semana, além de se sentir muito bem, terão uma ideia mais concreta do nível de disciplina que possuem.

Conquistar a atenção

Pense em quantas coisas estão competindo por sua atenção neste momento: e-mails, projetos, programas de TV, sites, família etc. Como sua atenção é limitada, ela filtra naturalmente aquilo que mais lhe interessa.

Portanto, nunca tenha a atenção do seu cliente como algo garantido, pelo contrário, ela tem que ser conquistada – e rapidamente. Pense como se ele estivesse folheando uma revista. A menos que você o freie com algo interessante, ele passará batido pela sua “página”.

Mudar é difícil

Pense em nosso cérebro como se ele fosse um domador em cima de um elefante. Por mais que o domador – racional e fraco – tente fazer com que o elefante mude sua trajetória, este – emocional e bem mais forte – tende sempre a retornar ao seu caminho. Por isso, a maioria das mudanças são passageiras.

O segredo está em preparar o elefante antes da mudança para que ele esteja motivado o bastante para permanecer por tempo suficiente no caminho que você deseja.

Quociente Espiritual

Após a constatação de que muitas vezes pessoas, mesmo com um alto QI, não se tornavam bem sucedidas na vida, surgiu o Quociente Emocional para tentar identificar o que realmente determinava o sucesso de um indivíduo. Mas a fórmula ainda estava incompleta.

Foi então que a Dra. Dana Zohar criou o termo QS, da sigla inglesa para Quociente Espiritual. O QS está relacionado à capacidade que uma pessoa tem de dar sentido à sua vida e é tão importante quanto os outros para o ser humano. 

Negócios e família

É possível atingir a excelência nos dois? Eu acredito que não. Por vários motivos. Mas, principalmente por ambos serem papéis onde você deve estar sempre presente.

Para ser um bom pai ou uma boa mãe, é preciso passar milhares e milhares de horas com os filhos. O mesmo para o cultivo de um casamento feliz.

Da mesma forma, não imagine que se tornará o CEO da empresa trabalhando apenas de segunda à sexta, das 8h00 às 18h00.

Como o tempo é um recurso finito, logo, é impossível conciliar a excelência nos dois campos.

Entretanto, creio que exista um ponto de equilíbrio para cada um nesta escala. Este, sim, possível de se alcançar.

Não existe sucesso absoluto pois cada decisão corresponde a uma renúncia, por isso as escolhas são inevitáveis. Sábio, portanto, é aquele que possui autoconhecimento para tomar as decisões que lhe trarão felicidade.

“Por sabedoria entendo a arte de tornar a vida mais agradável e feliz possível”. (Arthur Schopenhauer)

Líderes e liderados

Você que tem chefe: não julgue-o superficialmente, tente se colocar no lugar dele com o peso das responsabilidades que carrega. Você que é chefe: deve estar em constante estado de desconforto procurando cada vez mais ser um líder melhor, extraindo o máximo potencial de seus subordinados e, o mais difícil, conquistando a admiração e lealdade.

Poder e Autoridade

Poder é a habilidade de forçar pessoas a agirem, mesmo contra sua vontade. Autoridade é o talento do líder de fazer as pessoas trabalharem voluntariamente devido a sua influência. O subordinado obedece a quem tem poder, por medo, mas colabora com aquele que tem autoridade por respeito e admiração.

O poder é circunstancial, não depende de méritos e corrói as relações com o tempo enquanto que a autoridade é conquistada através do exemplo e da servidão.

H. Wells e os marcianos

No dia 30 de Outubro de 1938, milhares de pessoas ligaram desesperadas para polícia, bombeiros e vizinhos. Elas haviam ouvido no rádio uma notícia assustadora: Marcianos estavam invadindo Nova Jersey.

Em uma estranha antecipação dos ouvintes, o pessoal foi incapaz de ouvir o programa o suficiente para entender que era uma encenação, parte de uma dramatização do livro “Guerra dos Mundos”, de H.G. Wells.

O resultado? O caos foi gerado nas ruas, pessoas correndo para todos os lados desesperadas. Houve até suicídios. Um episódio como este revela o quão imprevisível e impressionante pode ser a reação da sociedade e também o poder de manipulação dos meios de massa.

A Cabritinha

Esta é uma história verídica e aconteceu este final de semana. Meu sogro, que viaja bastante pelo interior, estava passando por um lugar que criava cabras e resolveu parar para conhecer. A dona do estabelecimento aproximou-se e o recebeu com cortesia:

– Bom dia! O que posso fazer pelo senhor?

– Olá, eu gostaria de comprar um filhote de cabrito.

– Temos uma cabritinha que acabou de nascer. Seu nome é “Tieta”. Sua mãe morreu logo após o parto.

– É essa mesma! Quero dá-la de presente a minha netinha. Tenho certeza de que ela irá amá-la. Quanto custa? – ele perguntou já puxando a carteira.

– Para sua netinha? Não posso cobrar o senhor, então. Leve-a, não custa nada. Aqui estão o leite e todos os medicamentos que ela precisa.

Ele agradeceu e seguiu viagem.

Vejam como o lucro e a busca incansável pelo atingimento de metas nem sempre são os principais motivadores das pessoas – principalmente para aquelas que vivem afastadas dos centros urbanos. Esta senhora não estava preocupada com a negociação do preço ou com quanto poderia ganhar com a venda da cabritinha. Bastou saber qual era o motivo da compra do meu sogro que estes fatores tornaram-se irrelevantes. Tudo o que ela queria era fazer uma criança de 5 anos que ela nem conhecia feliz.

E isto para ela bastava.

Consumo

Gosto de rever constantemente meus hábitos de consumo. Pergunto-me: preciso realmente disso? Para mim, “menos é igual a mais”. Economizo em coisas que ao meu ver são banais, para poder gastar mais naquilo que realmente importa para mim.

Já vi casos onde a pessoa se endivida até o pescoço para comprar uma bolsa, um par de sapatos (apesar de já possuir dezenas), ao mesmo tempo em que economiza na compra do supermercado, deixa de fazer um curso porque é muito caro. Ou ainda, gasta uma fortuna para comprar um vestido que usará uma ou duas vezes na vida e economiza para comprar um colchão que passará um terço do seu tempo.

Conheço algumas pessoas que tentam preencher um vazio em suas vidas indo ao shopping, como se isso fosse resolver alguma coisa. Gastar, consumir, comprar, pode até gerar uma sensação de bem-estar, mas que é efêmera e logo se esvanece. O que a pessoa faz, então? Volta ao shopping e acaba entrando em um ciclo vicioso.

Conheça também o Programa de Coaching Online  |  Voltar para Home

Aqui está um tema essencial para o nosso crescimento: saber aceitar e lidar com as Críticas. Eu confesso que sou uma pessoa que tenho uma certa dificuldade em fazer isso, mas, neste vídeo, eu comento como fui aprendendo, com o tempo e o amadurecimento, a perceber o verdadeiro valor de uma crítica construtiva de alguém que quer o meu bem.

Conheça também o Programa de Coaching Online  |  Voltar para Home

Eu estava no cabeleireiro esses dias e, enquanto cortava o cabelo, um dos atendentes ficava ali ao lado o tempo todo no celular. Quando terminei, fui cumprimentá-lo para ir embora: ele apertou pause (estava jogando um jogo de futebol, provavelmente FIFA), me deu tchau e voltou a jogar – e essa cena me fez refletir…

Nada contra quem joga, eu mesmo adoro videogames, mas vamos supor que a rotina dele seja essa: chega segunda de manhã para trabalhar e, enquanto não vem um cliente para cortar, ele fica jogando. Como uma pessoa assim pode aspirar crescer profissionalmente, ganhar mais dinheiro, evoluir na vida se, neste tempo ocioso que ela dispõe, ela, em vez de preenchê-lo com coisas construtivas, acaba desperdiçando com algo que não irá levá-la a lugar algum.

O que vai acontecer neste caso se, de fato, esta for sua rotina? Os anos vão passar e ela vai se encontrar lá na frente ganhando a mesma coisa, sendo um profissional do mesmo nível que é hoje, deixando todo o seu potencial inexplorado…

Quantos profissionais a gente encontra assim no dia a dia? Um vendedor, por exemplo, que, enquanto não chega um cliente para atender, fica o tempo todo no celular quando poderia estar lendo um livro, estudando, fazendo um curso online, ouvindo uma palestra de vendas, prospectando clientes, planejando seu crescimento etc.

Por isso, coloque para si: “O meu tempo é valioso e é meu dever aproveitá-lo da melhor maneira possível.”. Preencha o seu dia com atividades de alto valor, planeje estrategicamente uma rotina de alta performance, você vai ver a diferença que isso irá fazer para o seu futuro…

Se gostou, deixe o seu Like e Compartilhe… e, para manter contato comigo:

Site: https://paulomachado.com

Programa de Coaching Online: http://verdadeirosucesso.com

Canal do Youtube: http://youtube.com/c/paulomachadocoach

Instagram: http://instagram.com/paulo.machado.oficial

Linkedin: https://www.linkedin.com/in/paulorbmachado

Facebook: https://facebook.com/paulomachadocoach

Hoje eu vou contar a você uma história incrível… Você sabe como surgiu o filme Rocky? Conheça agora tudo que Sylvester Stallone teve que passar para realizar o seu grande sonho…
Os problemas na vida de Sylvester Stallone, ou Sly, como é conhecido nos EUA, começaram desde o seu nascimento. Seu parto teve graves complicações e o médico teve que usar um fórceps – o que o deixou para sempre com uma paralisia facial. Já reparou que ele tem a boca e o olho meio caídos de um lado? Isso posteriormente acabou até sendo uma característica da sua marca.
Aos 16 anos, por não conseguir se concentrar nas aulas, abandonou os estudos e foi trabalhar com a mãe em um salão de cabeleireiros. Aquilo era só temporário, porque ele tinha muito claro qual era o seu verdadeiro sonho: trabalhar com cinema!

O primeiro trabalho no cinema

Os anos foram passando, ele tentou diversos papéis, mas nunca o aceitavam. Até que um dia, passou a noite na frente do estúdio e disse que não sairia enquanto não lhe dessem uma oportunidade. O diretor, com pena daquele rapaz tão determinado, resolveu dar a ele uma ponta de 20 segundos em um filme (ele era um bandido que apanhava). Este foi seu trabalho no cinema.
Resultado de imagem para young sylvester stallone
Apesar desta pequena vitória, as dificuldades só aumentavam. Ele estava sem emprego e sem dinheiro para pagar sequer a calefação do seu apartamento.
Totalmente quebrado, um dia ele resolveu ir à biblioteca pública para se aquecer e alguém havia deixado um livro sobre a mesa. Ele começou a ler sem parar e pegou gosto pelas palavras. Saiu dali e escreveu o seu primeiro roteiro, o qual conseguiu vender por 100 dólares. Uma fortuna para ele!

O dia mais difícil de sua vida

Nesta época, ele já era casado, mas seu relacionamento com a esposa não era nada amoroso. Quem ele mais amava no mundo na verdade era o seu cachorro: Buktus. O problema é que ele não tinha dinheiro para alimentá-lo. Então, em uma noite de desespero, ele tomou uma atitude drástica…
Foi até uma loja de bebidas e ficou na frente tentando vender seu cachorro por 50 dólares. Um homem acabou negociando em comprando-o por 25. Stallone conta que este foi o dia mais triste da sua vida… Ele chorou a noite inteira.

O grande insight

Vagando sem rumo, ele parou em um bar onde estava passando a luta de boxe entre Ali x Wepner e o que mais chamou sua atenção não foi a performance de Ali que estava no seu auge, mas a de Wepner que mesmo sendo terrivelmente massacrado não desistia, continuava seguindo em frente na luta como um guerreiro. Neste momento, ele teve um insight que mudaria para sempre sua trajetória…
Resultado de imagem para ali vs wepner
Ele disse: “É isso! Já tenho a minha história…”. Naquele mesmo instante ele voltou para casa e escreveu por 20 horas seguidas todo o roteiro de Rocky, de uma vez só! Com o tesouro da sua vida em mãos, foi até os estúdios da época para tentar vender o filme.
Recebeu dezenas de “nãos”. Os produtores caçoavam dele dizendo que a história era ridícula, piegas, previsível… Ele anotou tudo e fez questão de ler cada um desses adjetivos quando Rocky receberia o Oscar de Melhor Filme em 1977. Ele dizia: “A melhor vingança contra seus inimigos é o seu próprio sucesso”.

A grande oferta…

Mas lá atrás, Stallone não conseguia de jeito nenhum vender seu roteiro, até que um dia um estúdio comprou realmente a ideia e ofereceu a ele 125 mil dólares pelo roteiro! Ele mal podia acreditar… Recebeu a oferta, mas disse que havia um porém: Ele teria que ser o ator a interpretar o Rocky!
Na hora o estúdio achou aquilo um absurdo, que ele não tinha experiência como ator. Então, mesmo passando fome, ele RECUSOU a oferta de 125 mil dólares, pois não conseguia imaginar ninguém mais fazendo o papel da sua vida.
Passado um tempo, o estúdio voltou a procurá-lo e oferecer 250 mil dólares pelo roteiro, mas ele não poderia ser o Rocky, pois eles já tinham encontrado o ator ideal. Ele recusou novamente e o estúdio fez uma oferta final de 325 mil dólares para ele desistir de ser o ator do próprio filme.
Sly disse que aquilo era inegociável até que o estúdio disse: “OK, você poderá fazer o papel. Mas, nós iremos pagar somente 35 mil dólares pelo roteiro e vamos gastar só 1 milhão com o filme todo. Desta forma, não arriscamos tanto dinheiro.”

A busca pelo seu amigo

Ele aceitou e, de posse desses 35 mil, qual foi a primeira coisa que Stallone fez? Voltou à loja de bebidas e ficou esperando para ver se encontrava o novo dono do seu cachorro. Até que no terceiro dia ele finalmente o encontrou e disse: “Senhor, lembra de mim? Eu te vendi este cachorro alguns meses atrás, porque eu estava passando fome e não tinha como alimentá-lo. Eu sei que o senhor deve amá-lo também, mas ele é tudo para mim e eu gostaria de comprá-lo de volta. Eu te dou 100 dólares.”.
O homem foi intransigente e disse que gostou bastante do cachorro e ele não o venderia. Stallone, então, ofereceu 500 dólares! Mesmo assim, o dono estava irredutível. Então, ele ofereceu mil dólares e o dono finalmente disse: “Pare com isso, o cachorro é meu agora e ponto final.”
Mesmo assim, Sly não desistiu e, após muita negociação, comprou o cachorro de volta por 15 MIL DÓLARES (praticamente metade do que havia recebido pelo roteiro) e o homem ainda exigiu aparecer no filme! Tanto que o cachorro do filme era o cachorro da vida real de Stallone e o homem da loja de bebidas também aparece.

Perceba a determinação e a atitude diferenciadas de Sylvester Stallone que era alguém que tinha tudo para dar errado e ainda assim conseguiu triunfar através da sua obstinação. Rocky não só ganhou o Oscar, como se tornou um fenômeno no cinema mundial ganhando várias sequências e tornando Sly um dos maiores e mais bem-pagos astros de Hollywood.

Não existe sucesso instantâneo

Resultado de imagem para rocky movie
Que história incrível, não é? Muitas vezes somos induzidos a acreditar naquela imagem de “sucesso instantâneo” estampada nas capas das revistas. Elas não mostram todo o sofrimento, rejeição, resiliência, determinação, pois a capa só retrata o seu momento de glória e não tudo o que aquelas pessoas tiveram que passar para chegar lá.
Os exemplos dessa ilusão de sucesso instantâneo são os mais diversos:

  • o cantor inspirado grava aquele hit de sucesso e fica famoso;
  • o empreendedor que tem uma ideia genial e fica milionário;
  • a mulher está distraída no café e encontra o amor da sua vida;
  • a pessoa acima do peso encontra a dieta milagrosa que a coloca em forma em pouco tempo.

Esta é uma grande fantasia, pois o sucesso (assim como o fracasso) não acontece da noite para o dia.
Que esta história possa inspirar você a não desistir dos seus sonhos… saiba que por trás de toda história de sucesso sempre há uma grande batalha de superação.
Gostou? Para saber mais, acesse: www.paulomachado.com
 

Pare e reflita por um instante…
Para você, tudo acontece no seu cérebro. Esta é a sua realidade. Não importa o que ocorra ao seu redor, tudo sempre passará pelo filtro dos seus sentidos.
Se você me disser que a sua meta é comprar um carro esportivo – e não há nada errado em ter uma meta assim – e eu lhe perguntar: “Por que você quer isso?”, você poderá dizer que é para obter status, se sentir mais jovem ou atraente, ou ainda que é pela emoção da velocidade ou da aventura, o fato é que o que você sempre busca é uma sensação de prazer em seu cérebro.
Você não quer o carro. Você quer o que o carro irá lhe proporcionar. E, indo mais a fundo, você não quer o que o carro irá lhe proporcionar, você quer a sensação em seu cérebro que essas coisas irão fazê-lo sentir. (Lembra da diferença entre veículo e objetivo?)
Você pode me dizer que quer qualquer coisa, se eu provocá-lo perguntando “Por quê?” várias vezes, perceberá que invariavelmente a sua resposta final será “Para obter uma sensação de prazer no cérebro”. Perceba como essa mudança na forma de enxergar muda tudo.
No final das contas você não quer um milhão de dólares, emagrecer 10 quilos, viajar o mundo ou encontrar sua alma gêmea, você quer o sentimento que essas coisas irão lhe dar. A partir do momento que entende isso, o jogo muda porque você descobre que pode obter essas sensações sem ter de necessariamente obter o que acabamos de citar. A propósito, os vendedores e publicitários de maior sucesso compreendem muito bem como isso funciona.
O que buscamos não são coisas, mas alguma forma de aumento de qualidade em nossa vida. E, aliás, você já parou para pensar o que realmente determina essa qualidade? Não é dinheiro, amor, saúde, mas a qualidade das emoções que você sente constantemente. E de onde surgem essas emoções?
 

A força que controla seus pensamentos

“Mindset”, eis uma palavra poderosa. E o que ela significa? Eu gosto de pensar em mindset como a “forma como você programou a sua mente para pensar”.
E por que essa palavra é tão poderosa? Porque tudo em sua vida, todos os resultados que você obtém nascem e são construídos a partir do seu mindset. Seu sucesso profissional, seu casamento, sua saúde, sua prosperidade etc.
Basta observar que o mindset de pessoas de sucesso é drasticamente diferente daquele de pessoas frustradas.
Quer ver só? Pense em alguém que você considera uma pessoa de sucesso.
Agora, pense em uma pessoa para quem nada dá certo e que está sempre reclamando, e perceba como as duas têm uma maneira muito diferente de pensar, de enxergar as coisas, de interpretar a realidade e também um conjunto muito diferente de crenças sobre a vida e sobre si mesmas.
Você pode mudar de emprego, esposa, cidade, mas se não mudar a sua mente, as mesmas experiências, os mesmos sentimentos irão se repetir. Goste ou não, o fato é que você está preso a ela.
Por isso, toda mudança, toda nova jornada, começa primeiro em sua mente. É lá que a sua vida acontece. Como fazer isso? A PNL (Programação Neurolinguística) nos traz técnicas muito interessantes e aqui eu vou mostrar uma delas.
 

Perguntas inteligentes

Alguma vez você procurou algo no Google e ele não achou absolutamente nada a respeito? Com certeza, não.
Com o seu cérebro é a mesma coisa. Toda vez que é acionado, ele tem a obrigação de buscar respostas. Ele não pode não fazer isso a partir do momento que a pergunta é feita.
Não leia esta frase.
Viu só? Já leu. É mais ou menos o mesmo princípio.
Então, chegou a hora de utilizar isso em seu favor e aproveitar essa submissão de uma maneira inteligente.
Se você se perguntar:
“Por que eu não consigo emagrecer?”
Seu cérebro irá involuntariamente procurar respostas e elas virão em forma de pensamentos.
Para esta pergunta – que aliás é uma péssima pergunta e você vai ver por que –, as respostas seriam algo como:
“Porque você não tem disciplina… porque você come demais… porque você tem preguiça de se exercitar… porque você sempre desiste no meio do caminho…”
Mas o cérebro não está errado. A culpa não é dele. Ele está se esforçando para responder o que você perguntou.
Qual é o segredo, então? Mudar as perguntas! Essa é uma das forças mais poderosas de transformação, pois isso é algo que você controla. E perguntas inteligentes geram respostas inteligentes.
Então, se você agora perguntasse:
“Como eu posso emagrecer e ainda me divertir durante o processo?”
As respostas não seriam muito mais interessantes?
Outro exemplo: quem você acha que tem mais chance de arranjar um bom parceiro, alguém que pensa:
Por que nenhum relacionamento dá certo comigo?
Ou alguém que pensa:
O que eu preciso melhorar em mim para merecer uma pessoa especial ao meu lado e construir um relacionamento saudável?
E um último exemplo para ficar ainda mais claro:
“Como posso fazer isso se eu não tenho tempo para nada?” versus “Como eu posso organizar melhor meu tempo para focar naquilo que realmente importa?”.
Perceba como existe uma grande diferença nos tipos de respostas que essas perguntas geram.
Resumindo de uma maneira bem prática:

O seu sucesso está diretamente ligado com a qualidade do seu diálogo interno, das perguntas que você se faz constantemente.

Essas perguntas afetam em grande escala como você se sente, como age e de que maneira enxerga as coisas ao seu redor.
Então, fique atento às perguntas que você se faz.
Fascinante a nossa mente, não? Agora que você tem a base de como funciona nosso cérebro, está preparado para o próximo capítulo no qual vamos ver como a nossa vida é o resultado do conjunto de hábitos que cultivamos e, mais importante, como mudar esse conjunto para viver muito melhor. Prepare-se porque a partir do próximo capítulo seus hábitos irão mudar!
(Continua…)

Para saber mais, acesse: www.paulomachado.com
Se gostou, compartilhe…

Aqui está uma experiência muito interessante que eu fiz neste feriado e que você pode fazer agora mesmo…